Discussão:Boneca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Bonecas no Antigo Egipto[editar código-fonte]

Parece-me que se está a confundir, na parte sobre bonecas no Antigo Egipto, umas estatuetas com finalidade funerária com bonecas. Os ushebti ou shabti eram umas estatuetas que eram colocadas nos túmulos para servirem de empregados do defunto no Além (ver artigo em es:Ushebti. Mas não eram para criança nem estavam reservados à classe sacerdotal. No entanto, existiam de facto bonecas no Antigo Egipto que as crianças usavam para brincar. --JLCA 14:03, 12 Novembro 2006 (UTC)

  • Tenho tido particular dificuldade em trazer o histórico, aqui, Jota, mas se deres uma olhada em a en:doll verá que isso ali é um resumo do que ali se encontra... bonecas para fins religiosos havia em várias culturas: nas pré-colombianas, no atual Haiti (para o vodu), e vestígios delas foram encontrados em sítios arqueológicos pré-históricos... No desenho animado da Disney Mulan há uma bonequinha recheada por pêlos de cavalo - mas as fontes para isto precisam estar claras, pois não podemos criar um histórico... De qualquer modo, à exceção do quanto ali se informa sobre os vasos ilustrados, que também ocorriam na Grécia e em Roma, não vejo inverdade:
having been found in Egyptian tombs which date to as early as 2000 BC. In Egypt, as well as Greece and Rome, it was common to find them in the graves of children, these were mainly made from wood, however, among the wealthier families, pottery dolls were also found.

Este link, porém, pode lhe traduzir um pouco daquilo que já está no verbete...

Conhecer Digaê 15:51, 12 Novembro 2006 (UTC)

  • Essa observação do Jota é engraçada:
Citação: Jota escreveu: «Mas não eram para criança ... existiam de facto bonecas no Antigo Egipto que as crianças usavam para brincar.»

Fiz, entretanto, a mudança, pois nenhum dos links que apontei atestavam aquilo que estava no verbete - e honestamente não consegui achar de onde tirei... Portanto, seria interessante que o próprio Jota colocasse essa observação, em o histórico, claro, sem a contradição acima... Conhecer Digaê 08:19, 13 Novembro 2006 (UTC)

Não há contradição nenhuma na minha frase. O que eu disse foi: Os ushebti ou shabti eram umas estatuetas que eram colocadas nos túmulos para servirem de empregados do defunto no Além (ver artigo em es:Ushebti. Mas não eram para criança nem estavam reservados à classe sacerdotal. No entanto, existiam de facto bonecas no Antigo Egipto que as crianças usavam para brincar.

Eu tenho um livro que penso que fala sobre bonecas, mas não o tenho comigo agora, quando o tiver vou procurar nas páginas a informação. --JLCA 10:05, 13 Novembro 2006 (UTC)

Bonecos nas Artes[editar código-fonte]

Posso estar enganado, mas os Greemlins eram animais ou ET, não sei ao certo, e não boneco. Acrescentei os The Muppet Show. Rangel Tilgon 11:29, 13 Novembro 2006 (UTC)

  • Tomara que encontre, Jota! Vamos a deitar o verbete nos trinques. Concordo, em parte, com o Rangel - mas havia um que era vendido e não podia molhar, ou dar comida, que virava monstro... Arre! Tinha me lembrado dos Muppets... Coloca ali, também, nossa versão: Vila Sésamo! Conhecer Digaê 11:36, 13 Novembro 2006 (UTC)
Sim, André, os Gremmlins eram vendidos da maneira como disse, mas eles eram monstrinhos, não eram um brinquedo, acho que não caberia eles no artigo. E os bonecos do Bozo? Macarrão, Lili e como era o nome do outro?? Tem também os fantoches do Bambalalão (programa da TV Cultura dos anos 80), mas esses eu não lembro os nomes, vou pesquisar. Rangel Tilgon 11:55, 13 Novembro 2006 (UTC)

Boneca ou bonecos[editar código-fonte]

O artigo possui o nome de Boneca, mas no entanto começa-se a falar de bonecos de meninos que na minha opinião não estão relacionados com o tema "boneca", pois como diz o dicionário Boneca: pequena figura de mulher ou de menina, feita de pano, cartão, madeira, porcelana, plástico ou outro material e destinada a brinquedo de crianças --JLCA 16:11, 13 Novembro 2006 (UTC)

Mover para boneco então? Eu também achei um pouco estranho, quando era criança eu não brincava de boneca do Comandos em Ação...ehehe. Com a mudança, ficaria mais abrangente. Rangel Tilgon 16:31, 13 Novembro 2006 (UTC)

Talvez antes para Bonecos (?). --JLCA 16:47, 13 Novembro 2006 (UTC)

por mim, muda-se para Bonecos.Rangel Tilgon 17:03, 13 Novembro 2006 (UTC)

Achei a discussão! Eu não concordo, eu não moveria, pois penso que bonecA inclui tanto os bonecOs com que os meninos brincam como as bonecAs das meninas (que não são obrigatoriamente femininas, existem bonecas meninos, eu tive muitos! e jamais falei "vou brincar com o boneco", e sim com a "boneca"). O que se pode fazer é redirect de Boneco para Boneca, eu acho que assim englobaria tudo. O termo com tradição é Boneca, e não Boneco, que até tem outros significados, como em Diagramação, por exemplo. O boneco é uma boneca masculina, mas não deixa de ser boneca. Vcs são homens, não sabem tanto de boneca como eu. Creio que as outras mulheres pensem como eu. --Nice msg 19:02, 13 Novembro 2006 (UTC)

Pode até ser que seja tudo a mesma coisa, mas se algum menino chegar pra outro dizendo "-Ei, Andrézinho, vamos brincar com as bonecas do Falcon?", ele levaria um "geral" da turma toda...hehehe. Um redirect e uma mudança na introdução, generalizando mais, talvez fique bom.Rangel Tilgon 19:07, 13 Novembro 2006 (UTC)
  • Talvez essa discussão tivesse cabimento em qualquer outra palavra, que não boneca. O vocábulo em português vem do espanhol muñeca - e não muñeco. Qualquer dicionário que se preze diz que Boneco é [De boneca.] (copiei e colei de um...).

Assim como não criamos um verbete para o masculino, e outro para o feminino, para falarmos da mesma e única coisa: uma miniatura de brinquedo do ser humano... (minha filha, aqui do lado, está sorrindo com isso, ela que tem lá suas bonecas e bonecos: posto que tem o namorado da Barbie, como o Beto é da Susi)...

Poucas palavras, como ultriz - que é exclusiva das mulheres - não têm a sua variante em gênero... Se "dividirmos", por machismo, o verbete - e não por critério científico (uau! Enciclopedismo também é uma ciência! Não, é mais! É uma Arte!) - vamos a ter de admitir um verbete para Advogada, Médica, Grega, Brasileira... E, como uma vez vi na TV, o Baiano do Acarajé!

Posso até estar errado, mas preconceito não me parece algo muito bom de se discutir...

Inté, desculpa não argumentar mais... tou caindo de sono! Conhecer Digaê 00:01, 14 Novembro 2006 (UTC)

Não foi por preconceito ou machismo que achei que Boneco ou Bonecos ficaria mais abrangente, foi por mero achismo mesmo, fica-se então Boneca e usa-se redirects, sem problema também. Mudando de assunto, crie o artigo Malhação de Judas, mas gostaria que dessem um olhada e corrigissem o que acharem melhor. Rangel Tilgon 01:08, 14 Novembro 2006 (UTC)

Eu não estou a ver preconceito nenhum, mas apenas rigor enciclopédico. Pois como diz o dicionário:

Boneca - pequena figura de mulher ou de menina, feita de pano, cartão, madeira, porcelana, plástico ou outro material e destinada a brinquedo de crianças;

Boneco - figura de homem ou de rapaz feita de pano, cartão, madeira, porcelana, plástico ou outro material e destinada a brinquedo de crianças;

Gostaria de conhecer as vossas fontes que afirmam que uma "boneca" pode ser um brinquedo masculino. Poder até pode, dado que algumas pessoas acham positivo que os meninos também brinquem com bonecas, mas o significado habitual de boneca não é esse. E já que se falou da origem da palavra em muñeca, sugiro que se leia o artigo em espanhol: es:Muñeca: Una muñeca es juguete consistente en la representación de una niña o mujer fabricada en tela o plástico. En determinadas ocasiones, también se fabrican colecciones o series destinadas a niños o a adultos que pueden estar fabricadas en madera, porcelana, celuloide o cera.. Felizmente não cairam na confusão que estão a cair aqui. Virem também falar de advogadas, etc, não tem nada a ver, pois a tradição da boneca é historicamente mais relevante que a tradição do boneco. E também agradecia que não se ofendessem os usuários com acusações de preconceito. --JLCA 12:37, 14 Novembro 2006 (UTC)

Se não tem nada para referir então por favor não seja irónico. Não estou aqui para gozem da minha cara. Infelizmente consigo parece ser necessário repetir várias vezes as coisas, pois parece que lê mal os comentários dos outros (veja-se o comentário acima sobre os bonecos no Antigo Egipto) --JLCA 13:40, 14 Novembro 2006 (UTC)

E eu afirmo que se voltar a vandalizar o artigo poderá ser bloqueado. Contribua, some, não faça desse espaço um local para querelas. Conhecer Digaê 13:54, 14 Novembro 2006 (UTC)

E qual foi a vandalização do artigo? --JLCA 13:59, 14 Novembro 2006 (UTC)

Falta de rigor[editar código-fonte]

Este artigo foi marcado como tendo falta rigor porque confude coisas como brinquedos de meninos, fantoches e marionetes com bonecas. --JLCA 14:05, 14 Novembro 2006 (UTC)

Calma, calma[editar código-fonte]

André e JLCA, não há motivos para se começar uma guerra de edições, o artigo está caminhando muito bem, sendo ampliado e tendo seus links azulados, vamos nos ater a deixá-lo a ponto de pelo menos figurar entre os melhores. Quanto ao título, só vejo um modo de agradar a todos, separando-os entre Boneca e Boneco, isso além de ser incoerente é, ao meu ver, errado. Então, como não será separado nada, que seja discutida toda alteração mais relevante aqui na Página de discussão, antes de implantá-la, o que acham. A WP está repleta de recentes picuínhas por besteira, não vamos começar mais uma. Rangel Tilgon 14:11, 14 Novembro 2006 (UTC)

Existem bonecas para meninos e bonecas para meninos, e isso é um fato! E existem bonecas com feições femininas e bonecas com feições, e até órgãos característicos, masculinos, e isso é um fato! Existem bonecas que são mais de acordo e ao agrado das brincadeiras femininas, e isso é um fato! Existem bonecas mais de acordo e ao agrado das brincadeiras dos meninos (que as chamam bonecos, por evidente), e isso é um fato! Nada impede que meninos brinquem com as bonecas dirigidas às meninas, e vice-versa, e isso é um fato! Portanto, o nome do brinquedo é BONECA e isso é um fato! Onde está a falta de rigor na informação? Portanto, não há falta de rigor na informação. --Nice msg 14:30, 14 Novembro 2006 (UTC)

boneco e boneca[editar código-fonte]

Eu penso que em português fazemos uma distinção entre boneco e boneca, que não é de gênero. Quando falamos em boneca estamos nos referindo à representação da figura humana, sempre. Quando falamos boneco, inclui os que representam animais, icluem os fantoches e outras categorias de representação de seres vivos. Pra mim, os dois artigos poderiam existir em separado, pois um não é necessariamente o feminino do outro. Exceptuando-se quando o brinquedo boneca representa um ser humano do sexo masculino, pois neste caso, pode-se dizer que as crianças estão brincando de boneca, mas o objeto que representa o Ken, por exemplo é referido como o boneco Ken. Não sei se me fiz entender, mas o que quero dizer é que boneca é específico (figura humana, predominantemente feminina, mas podendo ser masculina) enquanto boneco é genérico (incluindo outros seres não humanos).  Emeagavê  14:19, 14 Novembro 2006 (UTC)

Concordo pleníssimamente com o Martiniano Hilário e por isso acho que devam existir artigos separados. IMHO, deve-se existir o artigo "bonecos" que é mais geral, e um "ver artigo principal" para "boneca". Boneco pra mim é fantoche, e boneca é Barbie, Ken etc. Lipe FML_ 20:29, 14 Novembro 2006 (UTC)

Exemplificando pra tentar ser mais claro[editar código-fonte]

Numa grande loja de departamentos, o boneco Ken e seus colegas, normalmente estão no mesmo departaento (ou grupo de prateleiras) que a Barbie, suas colegas e seus acessórios. Enquanto que o boneco do Mickey ou do ET, por exemplo, estaria nas prateleiras dos bonecos e jamais entre as bonecas. Talvez a melhor forma fosse termos o artigo sob o nome principal boneco', e dentro dele um tópico sobre a boneca, como um tipo específico de bonecos. Que acham?  Emeagavê  14:27, 14 Novembro 2006 (UTC)


P.S.: Não há distinção essencial entre boneco para menino e para menina, iso é um dado cultural e que vem mudando ao logo dos tempos. Não penso que ajude em nada a definir o conceito do objeto em si.
  • O fato, Eme, é que, mesmo em se considerando este aspecto - e falo com isenção - não vejo como criarmos outro verbete para falar da mesma coisa... No dicionário, e penso que não estou a inventar isto, somos informados que boneco vem de boneca e não o inverso... Cairmos na bizantina questiúncula do sexo dos anjos - é isto o que veio a ocorrer...

Como vemos, há um JLCA, editor que de há muito admirava, mas que não aceita uma única crítica como a que lhe fizemos tempos atrás, e que o comentário da novata colocado em destaque na minha discussão comprova que eu não estava errado, vem trazendo-nos atrás para que afete no conteúdo de um verbete, qual este aqui...

Inseriu, novamente, a marcação de que o texto é carente de rigor...

Devo dizer que minha participação já devia ter se encerrado aqui... mas apenas por curiosidade, gostaria que este usuário apontasse uma, apenas uma passagem do texto do verbete em que não seja fiável, confiável, averigüável... Ele, ao fazê-lo, afirma que todo o texto está viciado, foi editado por gente irresponsável... Não sou isto, e acho que esta atitude infelizmente adoptada pelo Usuário é vandalismo da pior espécie, posto que travestida de seriedade...

Como já disse atrás, encerro minha participação... e que isto possa nos livrar da tautologia!

Conhecer Digaê 14:32, 14 Novembro 2006 (UTC)

  • PS: acabo de retirar o verbete dos meus vigiados. Até mais, não "brinco" de boneca... he, he...

Imagens[editar código-fonte]

Pessoal, gostaria de fazer um teste com as imagens, pois ela estão todas do mesmo lado (direito), seria interessante alterná-las de lado, deixando o artigo mais balanceado. A imagens da Boneca de retalhos e a da Emilia estão "olhando" para fora do artigo. Até na ajuda menciona tais possiveis formatações. O que acham? Rangel Tilgon 16:00, 14 Novembro 2006 (UTC)

Calúnias[editar código-fonte]

As marcações existem para serem usadas. Se um usuário considera que um artigo é parcial ou tem falta de rigor, ele tem todo o direito a apresentar a marcação desde que justificada. Para além da confusão de bonecas com outras coisas, deve ser dito que a palavra vem do latim "monna" que significa "ama", "coisa querida".

Infelizmente os usuários André e EMP entraram numa campanha de calúnias em páginas de discussão, acusando-me de vandalismo e de perseguição [1]. Acho que deveriam compreender que vocês não donos dos artigos. Não só vou editar o artigo como continuarei a marcá-lo como possuindo falta de rigor. --JLCA 16:08, 14 Novembro 2006 (UTC)

História[editar código-fonte]

Eu estou a tentar escrever a história das bonecas, mas a usuária EMP apaga o que eu escrevo e ainda ameaça bloqueio.

Parte que ela apaga: [2]--JLCA 17:25, 14 Novembro 2006 (UTC)

Bloquei o artigo por 1 dia, peço que ninguém edite até aclamarem os animos, nem usem o estatudo de adm para editar. Rangel Tilgon 17:35, 14 Novembro 2006 (UTC)

Limite-se então a inserir o texto nos subtítulos apropriados e/ou crie novos subtítulos caso seja necessário. As reversões começaram por causa do que o senhor fez, e eu mantive o novo conteúdo postado pelo senhor! As reversões aconteceram por causa da sua titude em eliminar o que bem entendia, não se faça de vítima! Boa atitude, Rangel, esperemos que o sr JLCA reflita melhor! --Nice msg 17:37, 14 Novembro 2006 (UTC)

Não Nice, você removeu partes. Olhe na tela do diff, mais abaixo, quase no fim. Cachorrinho está latindo lá no fundo do quntal҉҉ 17:38, 14 Novembro 2006 (UTC)

Duplico o que inseri na Esplanada: Sobre o texto que a Nice/EMP tirou, concordo que ele seja mantido no verbete. Mas parece que o stress se deve a outras partes, com os outros envolvidos tendo dificuldade de separar desentendimentos com inserções de texto. Não há sanções, apenas há a recomendação de que a Nice se acalme, caso contrário será aberto um pedido de mediação que, daí sim, pode resultar em algo para alguém. Cachorrinho está latindo lá no fundo do quntal҉҉ 17:38, 14 Novembro 2006 (UTC)

Resposta ao mediador[editar código-fonte]

Sr. Lugusto/555, é óbvio que aquele conteúdo não foi retirado de maneira proposital, aconteceu por causa das reversões que se fizeram necessárias em conseqüência de o sr. J estar editando o artigo a seu bel prazer, sem respeitar as edições anteriores e nem os editores das mesmas. Quando eu percebi o que tinha ocorrido, recoloquei a informação. E estranho a sua recomendação, dirigida apenas a mim. --Nice msg 18:40, 14 Novembro 2006 (UTC)
Posso ainda não estar acostumado com a sua forma de escrita, mas me aparentou estar irritada (ao mesmo tempo que o JLCA me aparentou estar calmo). Cachorrinho está latindo lá no fundo do quntal҉҉ 18:51, 14 Novembro 2006 (UTC)

Eu pedia à EMP que proporcionasse os links que sustentam as suas acusações. Nada retirei do texto quando o editei; pelo contrário até acrescentei. Como isto é um sistema wiki, é normal que existam discrepâncias no texto em função das edições dos colaboradores.

A usuária acusou-me no sumário de retirar informações quando eu não tirei nada, apenas optei por escrever uma secção de "História" na parte de cima do texto, justamente para não apagar nada escrito pelos outros. A minha ideia era escrever ali e depois fazia a fusão com o texto de baixo.

Uma situação bastante grave: o Rangelpalma já tinha bloqueado o texto, mas a usuária EMP fez uso dos seus poderes administrativas para editar o texto, voltando à versão que retirou o meu texto sobre as bonecas na Alemanha: [3].--JLCA 18:58, 14 Novembro 2006 (UTC)

Botão previsão[editar código-fonte]

Independentemente de quem tenha razão, quando a página se desbloquear, deviam usar mais vezes o botão previsão. 100 edições em 4 dias! Salgueiro discussão 19:45, 14 Novembro 2006 (UTC)

Salgueiro, isso vai do estilo de cada um, esse tipo de crítica não ajuda em nada. Lipe FML_ 20:32, 14 Novembro 2006 (UTC)
Não é uma crítica relacionada com o conflito em questão, como indiquei no início da frase. Na verdade, coloquei aqui esta sugestão porque nem consegui perceber o que se passou com tantas edições envolvidas. No entanto, não considero que tenha a ver com o estilo de cada um. Usar o botão poupa espaço e trabalho aos restantes utilizadores. A própria documentação aconselha a que se utilize o botão previsão. Além disso existe uma predefinição para o efeito. Se esta pode ser (e é) usada para utilizadores novatos porque não para utilizadores experientes? Mas claro, só seguem o conselho se quiserem. É melhor 100 edições que nenhuma. Salgueiro discussão 21:02, 14 Novembro 2006 (UTC)

Citação: Salgueiro escreveu: «100 edições em 4 dias», na discussão:boneca...

Bem, o "caso" foi o seguinte... o verbete ficara em esboço por meses... Aí, fiz uma primeira ampliação (em 11 de novembro, motivado por uma reversão feita na véspera pelo Martiniano Hilário [4]), descobrindo que havia um potencial bastante grande para se falar sobre o assunto... (creio, não tivesse ocorrido a triste imiscuência conflitante, ainda estaria a crescer mais!).

como eram 4 pessoas falando do que sabiam, pesquisando e editando, foi natural que o desforço redundasse em este número grande de edições... Não acompanhei o que os outros tinham feito, eu pessoalmente passei a dedicar-me sobremodo na tarefa de "azular" alguns dos links vermelhos que foram surgindo, tais como: [5], [6], [7], [8], [9], [10], etc., além de outras tantas ampliações, como em [11]...

A categoria, que também criamos, ilustra esse desenvolvimento, apontando para outros tantos links que criei ou ajudei a desenvolver...

Cumpre ressaltar que muito antes já estávamos envolvidos nisso: [12], em [13], na Emília, no Pinóquio, ou mesmo colaborando de forma indireta, com desenhos em [14] e sei lá mais onde levado pelo Martiniano Hilário...

Isto, falo apenas por mim: pode visualizar o que se passou com os demais...

como pode ver, o tema é vasto, nossa verbete lusófono estava a ficar maior, melhor e mais rico que o das demais wikis... Assim, a celeuma criada, infelizmente, antes de incentivar o labor construtivo, serviu apenas para semear a cizânia, criar um clima de animadversão...

Tendo eu me afastado daqui, peço aos demais que possam ajudar no desenvolvimento de nossos verbetes - que já estando próximo dos 200 mil, teimam em permanecer como esboços e mínimos em grande parte...

com meu abraço, esperando haver minimamente esclarecido...  Alugok  Disc  sock do Koehne  13:15, 16 Novembro 2006 (UTC)

Boneca vs Bonecos[editar código-fonte]

Pra mim isto: #boneco e boneca resume tudo. O Martiniano Hilário está corretíssimo no que diz. Bonecos é um termo mais geral, mas, como o artigo "boneca" está bastante desenvolvido, eu prefiro que exista um artigo bonecos, falando dos bonecos em geral e um "ver artigo principal" na seção "Boneca" (forma humana). abraço, Lipe FML_ 20:31, 14 Novembro 2006 (UTC)

Prefiro uma desambiguação em boneco: mostrando-o como "uma forma similar a boneca que reproduz, um indivíduo humano do sexo masculino, animais, etc", tal como comentado pelo Martiniano Hilário e um link para marionete, que também é um sinônimo de boneco. Giro720 21:49, 14 Novembro 2006 (UTC)

Surpresa entre bonecos[editar código-fonte]

Vamos ver se consigo escrever rápido sem piorar as coisas:

  1. se optarmos pela existência dos dois artigos, coisa que eu particularmente acho mais correta, seria boneco e boneca]], não bonecos;
  2. confesso que esse tema jamais veio a meu encontro enquanto vivi em Portugal, mas irei investigar melhor, para ver se o há diferenças significativas do conceito que usamos no Brasil;
  3. seguramente no Brasil um fantoche é um boneco, assim como um mamulengo etc. (Lembrei da música a flor do Mamulengo)
  4. não precisamos discutir muito a verificbilidade ou o rigor do artigo, basta-nos pesquisar por fontes que nos respaldem, e pronto. Comprometo-me a buscar isso assim que tiver acesso livre novamente;
  5. acho que o artigo deve ficar protegido por um tempo, só não sei quanto;
  6. esse artigo, paradoxalmente, iniciou com um clima de colaboração que eu ainda não havia experimentado envolvendo tantos usuários (eu, Nice, André e Rangel), acho que isso não pode ser desperdiçado e a ajuda do JLCA será bem-vinda, ele próprio poderi ir adiantando a pesquisa que me comprometi a fazer, buscar em fontes brasileiras também, e mais tarde voltamos a trabalar no artigo, todos de cabeça fria.

Era isso, acho eu.  Emeagavê  22:40, 14 Novembro 2006 (UTC)

Legal. Como é muito comum se falar em "bonecos" (no plural), creio que um redirect pelo menos não seria mal nesse caso, para evitar links vermelhos e a criação de artigos repetidos. Eu acho que deveriam ser dois artigos mesmo, e no artigo boneco colocar "ver artigo principal boneca" na seção que fala sobre bonecas. Acho que o Martiniano Hilário acertou na mosca quando disse que "boneca" é a forma humana dos bonecos. Creio que, mesmo que isso tenha origem machista, é a forma como se encara esses nomes na vida real, ou seja: é uma visão realista. Lipe FML_ 01:47, 15 Novembro 2006 (UTC)
  • Foi criado a desambig, onde estava o redirect em boneco. Ficou muito bom, assim como todo o trabalho sério aqui desenvolvido... Quando desbloquearem, temos a acrescentar o Guinhol, e seu grande amigo, entre os bonecos famosos ou mesmo entre aqueles da cultura - sei lá mais, já que não vou editar este verbete de novo... comendo pelas beiradas, o pouco rigoroso, mas sobretudo cheio de rigores  Alugok  Disc  sock do Koehne  12:14, 15 Novembro 2006 (UTC)
Desprotegi o artigo, pois não gosto da idéia de manter um artigo sem edições, porém não editarei mais nele, no máximo azular algum link, pois é inacreditável como muitos usuários conseguem desmotivar outras pessoas com picuínhas, acusações baratas, bobagens, atitudes de jardim da infância, vou procurar outro brinquedo menos perigoso para editar. Peço a TODOS que forem editar o artigo, que tenha paciência e tentem entrar em acordo preciso parar de sonhar e não estraguem o trabalho legal foi feito até agora. Rangel Tilgon 21:08, 15 Novembro 2006 (UTC)

Batida em retirada[editar código-fonte]

Pelo visto vamos dar um tempo por aqui. Não digo que não volte a editar neste artigo, mas diante do ocorrido e de minha limit..digo conexão discada, que é na verdade uma limitação, não me arriscarei a ãazer nada às pressas por aqui. Lamento muitíssimo o clima que se chegou por aqui e de certa forma deveríamos todos agradecer à minha má conexão por nos livrar dos meus comentários epistolares sem fim. Imaginem se eu tivesse metido meu bedelho falador nessa conversa, teria sido muito pior, portanto, levantem as mãos para os céus, pois poderia ter sido pelhor Hein? e levemos nossa empolgação bonequeira para outros artigos onde possamos trabalhar juntos. Espero um apito e estarei ao lado de vocês a postos pra o trabalho (desde que eu saiba alguma coisinha do assunto, claro). Não desanimem, quero voltar logo e contar com o humor maravilhoso do meu amigo André e a prudência sábia do Rangel, e espero conhecer melhor a Nice noutra oportunidade. Quanto ao JLCA, se quiser trazer suas contribuições ao artigo, força! Um dia tento ajudar também.  Emeagavê  23:23, 15 Novembro 2006 (UTC)

Kibe loco e boneca[editar código-fonte]

Que estrago estes dois artigos fizeram na wiki. Vamos brincar enquanto seu lobo não vem.....Já veio. Nunca esperava conflito de edição num assunto tão enciclopedico. Hinkel 23:31, 15 Novembro 2006 (UTC)

  • Concordo com o Martiniano Hilário, com o Rangel, e discordo do Hinkel... Não são os verbetes, Hinkel... São as pessoas... Também eu já me despedira, e fui a azular os links...

Apesar de tudo deixo aqui o Reconhecimento a todos os que contribuíram de boamente e de boa-fé, para fazer de um verbete aparentemente esquecido algo verdadeiramente exemplar!

Aos amigos construtores, esta medalhinha (com especial carinho para Nice):

Tv mr dressup alex.jpg

Medalha Os Bonequeiros

pelo Grande Rigor Enciclopédico

 Alugok  Disc  sock do Koehne  00:09, 16 Novembro 2006 (UTC)


Tens razão. Culpei a boneca, que nada tem haver com os bonecos. Hinkel 00:11, 16 Novembro 2006 (UTC)


Enquanto isso, na sala de justiça[editar código-fonte]

Enquanto esfriamos a cabeça e fazemos outras coisas, vou deixando aqui uns links para pensarmos no futuro:

  • Teatro de Bonecos:[1]
  • Bonequeiro: poderia estar em alguma desambiaguação ou mencionado onde se falasse do artista titireteiro? Talvez no artigo teatro de bonecos, se este existir.
  • botar boneco: a expressão cearense[2], que não deve merecer verbete próprio, mas poderia constar em algum ponto onde se falasse da arte do teatro de bonecos, como uma curiosidade, talvez.
  • Augusto Bonequeiro: [3] Penso que devo criar o verbete dele, mas depende de achar os dados...acho que tenho uns contactos que podem de arranjar isso em breve.
  • ludoterapia: Acho que no artigo sobre boneco/a se possa ampliar a parte sobre o uso dos mesmos na ludoterapia (que é bastante significativo, especialmente representando a família)
Era isso.  Emeagavê  15:32, 16 Novembro 2006 (UTC)

Secção de História[editar código-fonte]

Não faz qualquer sentido a criação de subsecções para "Pré-História" (apenas 2 linhas de texto), "Grécia e Roma Antigas", "Holanda", etc. O texto é tão curto que não faz qualquer sentido. Favor debater nesta página.--JLCA 20:42, 16 Novembro 2006 (UTC)

Eu acho que está bem assim (o bloco todo sem subdivisões).  Emeagavê  22:41, 16 Novembro 2006 (UTC)

Oque fizeram com a Susi?[editar código-fonte]

A boneca Susi sempre teve os olhos que pareciam de vidro,eram rechonchudas,maiores,corpoludas... E agora surgem uma boneca totalmente diferente que chamam de Susi,nada a ver. Como uma boneca que tem 40 anos de história pode ser modificada? A Barbie continua a mesma,afinal um nome,uma marca ,não pode mudar um tipo.Pode mudar cabelo,roupas,mais mudar um todo,não dá,não é mais a mesma boneca. Ficou feia, parece uma bonequinha qualquer,igual a estas que vemos em lojas de 1.99,vindas da China. Acabaram com a Suzi,que antes poderia até disputar com a Barbie,mais agora...já era! Quem teve a estupida idéia desta mudança nada criativa e mal sucedida,consete este erro!!!