Doença de Paget do osso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doença de Paget do osso
Classificação e recursos externos
CID-10 M88
CID-9 731.0
OMIM 602080
DiseasesDB 9479
MedlinePlus 000414
eMedicine med/2998 radio/514 pmr/98

A doença de Paget é uma doença do osso, sendo um distúrbio benigno, sistêmico, que altera a velocidade do metabolismo ósseo. A velocidade da reabsorção e construção ósseas (e.g., ações osteolíticas e osteoblásticas) estão aumentadas causando a destruição progressiva de ossos do organismo, e posterior reconstrução de um osso desorganizado.

Causas[editar | editar código-fonte]

Não há causas conhecidas da doença de Paget, embora fatores hereditários e ambientais sejam implicados como facilitadores da doença.

Sintomas[editar | editar código-fonte]

Na grande parte dos casos, esta doença é assintomática, ou seja, não gera sintomas, e costuma ser diagnosticada através de uma radiografia óssea feita por outro motivo qualquer (e.g., Rx de tórax de rotina,etc...).

Diagnóstico[editar | editar código-fonte]

Doença de Paget de coxal direito. Homem de 80 anos.

É feito por exclusão de outras doenças que alteram o metabolismo ósseo, associados às alterações ósseas típicas. A fosfatase alcalina encontra-se aumentada em boa parte dos casos, sendo outra fonte comum de diagnóstico da doença. Geralmente acomete indivíduos brancos, da 4ª década de vida em diante, sendo a incidência geral estimada em 1% nos EUA. É discretamente mais comum em homens que em mulheres.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

O tratamento somente está indicado em pacientes com dor óssea, ou naqueles com acometimento de regiões de perigo (como a coluna vertebral, ou a articulação da perna por exemplo).=

Evolução[editar | editar código-fonte]

Normalmente a doença tem curso benigno, com lenta progressão. Complicações são raras, e estão mais associadas com as fraturas dos ossos acometidos. Mais raramente transformação da lesão ósseas para osteosarcoma pode ocorrer.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • NEVILLE, B. W.; DAMM, D.D.; ALLEN, C. M.; BOUQUOT, J. E. Patologia Oral e Maxilofacial. 2. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan

Ligações externas[editar | editar código-fonte]