Domenico Gatto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Domingos Rizzo,[1] mais conhecido pelo pseudônimo Domenico Gatto (São Paulo, 24 de junho de 1966), é um radialista e DJ brasileiro conhecido como "A Voz", em virtude de sua voz grave e marcante.

Torcedor do Palmeiras,[2] é um dos apresentadores do programa Estádio 97, na Rádio Energia 97. Comanda ainda o programa Morde & Assopra, na mesma emissora, no período da manhã.

Já fez locução nas rádios Bandeirantes de Araraquara, em 1986, Bandeirantes de São Paulo, em 1987, Bandeirantes de São José dos Campos, em 1987, Educadora de Campinas, em 1988, Tribuna de Santos, em 1989, Metropolitana de São Paulo, em 1989, Transamérica de São Paulo, em 1995, Nativa de São Paulo, em 1997, e Jovem Pan 2 de São Paulo, em 1998. Desde 1999 está na Energia 97. Além dessas rádios, ainda trabalhou, nas rádios 94 FM de Pindamonhangaba e Gazeta AM, onde narrava jogos. Narrou também, na Metropolitana, a temporada completa de 1992 da Fórmula 1 e a Copa do Mundo de 1994. Fez ainda inúmeros comerciais e spots para rádio e TV.[3]

Em dezembro de 2011, o programa do Palhacinho, que ele apresentava, ganhou o Troféu APCA na categoria Programa Humorístico de Rádio. [4]

Também foi o mestre de cerimônias da partida de despedida do goleiro Marcos, em dezembro de 2012.[5]

Referências

  1. Bastidores do Rádio (18 de setembro de 2010). «Entrevista com Domenico Gatto» 
  2. Palmeiras Todo Dia (12 de junho de 2006). «Palmeiras Todo Dia» 
  3. Rhythm Áudio Produções. «Domenico Gatto» 
  4. R7.com (13 de dezembro de 2011). «Veja quem levou o APCA em 2011» 
  5. Canelada (12 de dezembro de 2012). «É, e sempre será, o melhor goleiro do Brasil, Marcos» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.