Ectomorfia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A ectomorfia (magreza) é uma das três classificações corporais dentre os somatótipos. Caracteriza-se por músculos/membros finos e longos e baixo acúmulo de gordura. Como um aspecto da compleição física masculina sugerido por William Herbert Sheldon; geralmente ossos longos e magreza do corpo. Ectomorfia é a linearidade, ou seja, está relacionada ao comprimento dos ossos e superfície da pele. Quanto mais longos os ossos de uma pessoa, mais longilínea ela é e mais componente ectomórfico ela tem.

Desta forma e, com essas características, um ectomorfo necessita de mais calorias diárias para manter ou ganhar peso (juntamente com um treino pesado , breve e infrequente). Essas calorias contribuirão para a oposição ao metabolismo rápido, geralmente ocasionado por secreções maiores ou mais aceleradas de hormônios da tireoide ou resistência a sensibilidade da insulina.

Além disso, indivíduos ectomorfos, por suas condições físicas e metabólicas não conseguem ingerir sequer a quantidade necessária de calorias diariamente, o que dirá então, uma quantidade muito acima de sua capacidade normal de manutenção de peso, visando então a hipertrofia.

Em caso de nutrição desbalanceada e sedentarismo, os ectomorfos além de ganharem excesso de peso, ganham também barriga, enquanto o resto do corpo (especialmente os braços e as pernas) permanecem extremamente finos.

No desenho animado do marinheiro Popeye, um personagem com bastante ectomorfia é Olívia Palito

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.