Elébico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Elébico
Nacionalidade
Vexilloid of the Roman Empire.svg
Império Romano
Ocupação Oficial

Elébico (em latim: Ellebichus; em grego: Ελλέβιχος; transl.: Ellébichos) foi um oficial romano do século IV que esteve ativo durante o reinado do imperador Teodósio I (r. 378–395).


Vida[editar | editar código-fonte]

Nada se sabe do parentesco de Elébico, exceto que teve uma filha.[1] Ele exerceu a função de mestre dos soldados do Oriente entre 383-388, talvez em sucessão a Ricomero. Nos primeiros anos de ofícios foi destinatário de cartas de Libânio e Gregório de Nazianzo e se sabe que construiu termas e uma mansão em Antioquia. Também foi tema de um panegírico de Libânio. Em 387, foi nomeado com o mestre dos ofícios Cesário para investigar as revoltas populares em Antioquia. Em 388, foi chamado à Constantinopla e lá recebeu mais algumas cartas de Libânio, uma delas pedindo que ajudasse o candidato Talássio ao senado.[2]

Referências

  1. Martindale 1971, p. 278.
  2. Martindale 1971, p. 277-278.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Martindale, J. R.; A. H. M. Jones (1971). The Prosopography of the Later Roman Empire, Vol. I AD 260-395. Cambridge e Nova Iorque: Cambridge University Press