Elara (mitologia)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Elara (em grego Ἐλάρα, transl. Elára), na mitologia grega, era filha do rei Orcomeno, mãe de Tício, filho de Zeus.[1]

Elara foi uma das amantes deste deus olímpico,[carece de fontes?] que a escondeu de sua esposa, Hera, colocando-a nas profundezas da Terra, onde ela deu à luz seu filho.[1] Homero chama Tício filho de Gaia.[2]

Tício tentou violentar Leto, e foi morto a flechadas por Apolo e Ártemis.[1] Como tortura eterna, foi condenado a ficar, após sua morte, esticado no Hades, com abutres comendo seu fígado.[1]

Referências[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 1.4.1
  2. Homero, Odisseia, 7.317ff
  • Smith, W. (1867), «Elara» A Dictionary of Greek and Roman biography and mythology, ii.7, Boston: Little, Brown & Co. OCLC 68763679.

Fontes[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia grega é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.