Engraçadinha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde julho de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Se procura a telessérie, veja Engraçadinha... Seus Amores e Seus Pecados.
Engraçadinha
Engraçadinha (BR)
Lucélia Santos
 Brasil
1981 •  cor •  99 min 
Direção Haroldo Marinho Barbosa
Roteiro Haroldo Marinho Barbosa
Baseado em Asfalto Selvagem: Engraçadinha, Seus Amores e Seus Pecados de Nelson Rodrigues
Elenco Lucélia Santos (foto)
Nina de Pádua
Luís Fernando Guimarães
José Lewgoy
Wilson Grey
Daniel Dantas
Carlos Gregório
Cláudio Corrêa e Castro
Nelson Dantas
Género Drama
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Engraçadinha é um filme brasileiro de 1981, uma adaptação cinematográfica do romance Asfalto Selvagem: Engraçadinha, Seus Pecados e Seus Amores, do escritor Nélson Rodrigues.

Dirigido por Haroldo Marinho Barbosa, o filme tem trilha sonora de Sérgio Guilherme Saraceni.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Um homem conceituado comete suicídio. Após o velório, Arnaldo (José Lewgoy), é questionado sobre o motivo da tragédia. Suspeitava-se que o morto era amante da filha, Engraçadinha (Lucélia Santos), mas um padre descobre que ela tinha se apaixonado por Sílvio (Luís Fernando Guimarães), seu meio-irmão, pensando que era primo — um segredo de família que é desvendado com o toque trágico de Nélson Rodrigues.

Elenco[1][editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Lucélia Santos Engraçadinha
José Lewgoy Dr. Arnaldo
Luís Fernando Guimarães Sílvio
Wilson Grey Odorico
Carlos Gregório Irmão Fidélis
Daniel Dantas Zózimo
Nina de Pádua Letícia
Nelson Dantas Dr. Bergamini
Cláudio Correia e Castro Orador do funeral

Elenco de apoio[editar | editar código-fonte]

  • Elizabeth Souza - Empregada
  • Eva Carbon - Tia Zezé
  • Florêncio Fenocchio - Amigo de Odorico
  • Francisco Lima - Amigo de Odorico
  • Henriqueta Bertoletti - Mãe de Letícia
  • Leonides Barbosa - Secretária
  • Lourival Trindade - Médico
  • Sônia Figueiredo - Enfermeira

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Melhor atriz: Lucélia Santos

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.