Escola Secundária Afonso Domingues

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Escola Secundária Afonso Domingues
Vista frontal da Escola
Vista frontal da Escola
Dados e estatísticas da escola
Localização Marvila, Lisboa, Portugal
Coordenadas 38°44'11.22"N 9°06'35.61"O
Endereço Rua Miguel Oliveira - 1950-203 LISBOA Marvila
Data de abertura 24 de Novembro de 1884
Data de fechamento 23 de Março de 2010

A Escola Secundária Afonso Domingues, cujo acrónimo é ESAD, antiga Escola Industrial Afonso Domingues, situa-se na freguesia de Marvila, concelho de Lisboa, e até ao ano letivo de 2009/2010, acolhia alunos do 3º ciclo do ensino básico e do ensino secundário.[1] Devido ao projeto da Terceira Travessia do Tejo, a escola será demolida, pois situa-se no corredor estratégico dos viadutos da nova ponte sobre o Tejo, mas devido à grave crise financeira que Portugal vive desde 2010 a construção da nova ponte foi suspensa e a escola encontra-se na atualidade (2013) a saque, vítima de vandalismo.[2]

A Escola foi oficialmente extinta a 23 de Março de 2010, por despacho de Secretário de Estado da Educação, tendo na altura da sua extinção uma história com 126 anos.[3]

Ensino[editar | editar código-fonte]

A Escola lecionava cursos Profissionais de Electrónica, Electricidade, Química, Mecânica, Ambiente, cursos tecnológicos de Informática e cursos Científicos, em regime diurno e nocturno.


Nome[editar | editar código-fonte]

A escola deve o seu nome ao mestre arquitecto português Afonso Domingues, que foi um dos arquitectos principais do Mosteiro da Batalha.

História[editar | editar código-fonte]

A Escola foi fundada no dia 24 de Novembro de 1884, funcionando numa casa alugada a João Cristiano Keil na Calçada do Grilo, nº 3-1º, que abriu com 53 alunos. Na altura a escola denominava-se Escola de Desenho Industrial Afonso Domingues, onde eram ministrados os cursos diurnos de Desenho Elementar e os cursos nocturnos de Desenho Industrial e, posteriormente, cursos profissionais. Como Director foi nomeado o professor e escultor João Vaz.[4]

A partir de 7 de Dezembro de 1887, a Escola foi transferida para o palacete de D. Gonçalo Pereira da Silva de Sousa e Meneses 3º Conde de Bertiandos, situado na calçada da Cruz da Pedra, nº 10, vindo a ocupar outras edificações do Paço em Xabregas, sendo a última ocupação o Palácio dos Marqueses de Niza, junto ao Convento da Madre de Deus.[5] O decreto-lei nº 37028, de 25 de Agosto de 1948, implementou um programa de construção de edifícios escolares do ensino profissional e o organizou em duas vertentes: adaptações ampliações e melhoramentos e escolas novas. Enquanto noutras escolas se optou, apenas, por obras de melhoramentos e adaptações, no caso desta escola é decretada a construção de uma nova com edifício completo[6] acabando este por se instalar, na Quinta das Veigas, em Marvila, actualmente Rua Miguel de Oliveira. [5]

A construção seguiu um projecto tipo, sendo composta por três edifícios, inaugurados no dia 1 de Outubro de 1956, possuindo campos de jogos e pátios, inseridos numa zona arborizada, numa área total aproximada de 20.000 m2. Esta infraestrutura evoluída permitiu oferecer excelentes condições de ensino, nomeadamente, com o recurso a diversas oficinas bem equipadas e laboratórios especializados.

No decorrer dos tempos a Escola sempre primou por lecionar cursos com cariz técnico, tendo formado diversos alunos nas áreas da mecânica, desenho industrial, eletrónica, electricidade e mais recentemente informática. A Escola em 2009, leccionava Cursos de Educação e Formação (CEF) e Profissionais, tal como é referido no relatório de avaliação do Ministério da Educação.[7]

Alunos famosos[editar | editar código-fonte]

O escritor e prémio nobel José Saramago foi aluno nesta Escola no curso de Serralharia Mecânica entre os anos de 1935 e 1940.[8]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Portaria Nº 608/79 - Diário da República Nº 270/1979, Série I de 22 de novembro de 1979.. Visitado em 21 de janeiro de 2015.
  2. RTP Notícias. Escola Afonso Domingues a saque. Visitado em 5 de fevereiro de 2013.
  3. Sic Notícias. ENCERRADA ESCOLA SECUNDÁRIA AFONSO DOMINGUES PARA TGV. Visitado em 19 de Maio de 2011.
  4. ESCOLA SECUNDÁRIA DE AFONSO DOMINGUES - REGULAMENTO INTERNO. Visitado em 19 de Maio de 2011.
  5. a b Edifício escolar e ideologia: estudo comparativo dos edifícios das escolas Afonso Domingues e Marquês de Pombal Recil Repositório Científico Lusófona. Visitado em 22 de janeiro de 2015.
  6. Diário do Governo - I Série - Nº 198, de 25 de Agosto de 1948. Visitado em 22 de janeiro de 2015.
  7. Ministério da Educação IGE. Avaliação Externa das Escolas Relatório de Escola. Visitado em 21 de janeiro de 2015.
  8. Cronobiografía de Saramago. Visitado em 21 de Janeiro de 2015.