Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Theia"

309 bytes removidos ,  18h40min de 23 de fevereiro de 2020
A priori, há nada de errado com a fonte.
m (Foram revertidas as edições de 2804:14C:B385:7FD1:915B:44A9:72EC:E7E0 para a última revisão de CommonsDelinker, de 14h46min de 3 de março de 2018 (UTC))
Etiqueta: Reversão
(A priori, há nada de errado com a fonte.)
{{Mais-fontes|data=Julho de 2016}}
[[Ficheiroimagem:Giantimpact.gif|thumb|right|200px|Ilustração de '''Theia''' ao colidir com a Terra]]
{{Ver desambig|prefixo=Se procura|a [[titânide]]|Teia (mitologia)|prefixo=Se procura|o rei dos [[Ostrogodos]]|Teia (rei)}}
 
'''Theia''' é o [[nome]] dado ao [[planeta]] que, de acordo com a [[Hipótese do grande impacto]], colidiu com a [[Terra]], dando assim origem à [[Lua]]. Segundo esta [[hipótese]], Theia formou-se por acreção planetária dentro da mesma [[órbita]] da Terra, mas a aproximadamente 150 milhões de quilómetros (1 UA), no [[ponto lagrangiano]] L4. Theia permaneceu fixa nesta posição em harmonia com a Terra durante cerca de 20 a 30 milhões de anos. No entanto, à medida que o planeta crescia, as suas [[gravidade|forças gravitacionais]] impeliam Theia para fora de L4.
 
Durante algum tempo o planeta descreveu uma órbita cíclica em [[ferradura]], saindo de L4, mas logo puxado para trás pela [[força de Coriolis]]. A cada novo ciclo, Theia ganhava mais [[velocidade]] e alcançava uma distância maior de L4.<ref name=Show>{{Citar web|url = http://www.showmetech.com.br/terra-e-lua-podem-ter-se-originado-da-colisao-com-o-planeta-theia/|titulo = Terra e Lua podem ter se originado da colisão com o planeta Theia - Showmetech|acessodata = 2016-03-12|obra = Showmetech|lingua = pt-BR}}</ref>{{Verificar credibilidade}}
 
Finalmente, já depois de ter desenvolvido estratificação interna, Theia adquiriu massa e dimensão semelhante a [[Marte (planeta)|Marte]], suficiente para escapar de L4 e entrou numa órbita caótica. A colisão com a Terra tornou-se inevitável, visto que ambos os planetas ocupavam a mesma órbita. Quando Theia chocou com a Terra a uma velocidade de 40 mil [[quilômetro por hora|quilómetros por hora]], o impacto foi suficiente para vaporizar o planeta. Parte substancial do seu núcleo ferroso afundou na Terra e integrou o núcleo terrestre. O restante material foi projectado para o espaço. A acreção dos destroços deu origem à Lua.<ref>{{Citar web|url name=Show http://www.showmetech.com.br/terra-e-lua-podem-ter-se-originado-da-colisao-com-o-planeta-theia/|titulo = Terra e Lua podem ter se originado da colisão com o planeta Theia - Showmetech|acessodata = 2016-03-12|obra = Showmetech|lingua = pt-BR}}</ref>{{Verificar credibilidade}}
 
==Animações==
 
{|align="center"
|[[Ficheiroimagem:Big Splash Theia.gif|thumb|231x231px|[[Animação]] mostrando a criação da [[lua]] através de uma [[colisão]] entre a [[Terra]] e Theia; notar que Theia entra numa órbita instavel descrevendo epiciclos, até eventual colisão. ]]
|[[Ficheiroimagem:Big Splash V1.0.gif|thumb|152px|Outra animação mostrando a criação da [[lua]] através de uma [[colisão]] entre a [[Terra]] e Theia; notar que neste modelo (menos provavel) Theia apresenta instabilidade angular, que a leva a eventual colisão. ]]
|}