Estágios educacionais

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Os estágios educacionais são subdivisões da aprendizagem formal, abrangendo tipicamente a educação pré-escolar, educação primária, educação secundária e educação terciária. Esses estágios variam de acordo com o país. Alguns países descrevem os diferentes estágios em anos, enquanto outros usam o sistema de séries.

Brasil[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Educação no Brasil

A educação escolar brasileira se divide em vários estágios escolares que compõe a educação básica, dos quais a educação infantil é opcional, o ensino fundamental é obrigatório, e o ensino médio é um direito, e para quem deseje cursar o ensino superior, o último estágio é requisito. É durante este período de vida escolar que toma-se posse dos conhecimentos necessários para uma cidadania completa. Serve também para tomada de consciência sobre o futuro profissional. Abaixo estão divididos os estágios escolares no Brasil:[1]

Educação Infantil
Equipamento Educacional Idades
Creche 0-3
Pré-Escola 4-6
Ensino Fundamental de 8 anos Idade Ensino Fundamental de 9 anos[nota 1]
6 1º ano
1ª série 7 2º ano
2ª série 8 3º ano
3ª série 9 4º ano
4ª série 10 5º ano
5ª série 11 6º ano
6ª série 12 7º ano
7ª série 13 8º ano
8ª série 14 9º ano
Ensino Médio
Ensino Médio de 3 anos Idades
1º ano 15
2º ano 16
3º ano 17

Referências

Notas

  1. A lei nº 11.274, de 06/02/2006, estabelece a ampliação para nove anos do Ensino Fundamental.