Estação São Conrado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Conrado
Uso atual Estação de Metrô Estação de Metrô
Administração Metrorioicon.png Metrô Rio
Linha Icon 4 (set yellow).png Linha 4
Sigla SCD
Posição Subterrânea
Plataformas 1 (Central)
Informações históricas
Inauguração 30 de julho de 2016 (1 anos)[1]
Localização
São Conrado está localizado em: Rio de Janeiro (cidade)
São Conrado
Localização da Estação São Conrado
22° 59' 31" S 43° 15' 16" O
Endereço Estrada da Gávea
Município Bandeira da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de Janeiro - RJ
País  Brasil
Próxima estação
Sentido General Osório Icon 4 (set yellow).png Sentido Jardim Oceânico
Antero de Quental ou Gávea Jardim Oceânico
São Conrado

A Estação São Conrado é uma estação da linha 4 do metrô do Rio de Janeiro. Localizada no início do bairro de São Conrado, junto à Rocinha, será a última estação da linha na zona sul da cidade. As escavações da estação, cuja frente de serviço foi implantada em setembro de 2011[2], encontram-se integralmente concluídas, estando em execução dois dos três acessos que servirão à estação.[3] Assim como as outras quatro estações construídas como parte da linha 4, a estação São Conrado já está em funcionamento.[4].

Localização[editar | editar código-fonte]

A estação localiza-se na porção inicial do litorâneo bairro de São Conrado, no sopé do morro que abriga a Rocinha, às margens da estrada da Gávea. Apesar da distância do local a outras regiões do bairro, como a cortada pela estrada das Canoas, o secretário estadual de Transportes, em entrevista dada antes do início das obras, afirmou que toda a área será atendida:

Acessos[editar | editar código-fonte]

Possui três acessos à estação: na avenida Niemeyer (próximo à Igreja Universal), na avenida Aquarela do Brasil (nas cercanias da concessionária de automóveis que havia no local) e na estrada da Gávea (em frente ao supermercado Extra).[3] O canteiro de obras dos dois primeiros foi instalado em julho de 2013; eles seguem em construção.[3][6]

Polêmica com o nome da estação[editar | editar código-fonte]

Às vésperas da inauguração da Linha 4 do Metrô, parte dos moradores da Rocinha ficaram injuriados pelo fato da estação não receber o nome da comunidade, e fizeram um abaixo-assinado. Entretanto, a concessionária MetrôRio fez como compensatória colocar o nome “São Conrado/Rocinha” no acesso “A”, e também, uma citação na locução oficial dos trens na chegada a estação: [7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. RODRIGUES, Matheus; SILVEIRA, Daniel (30 de julho de 2016). «Com Temer e Pezão, Linha 4 do Metrô no Rio é inaugurada». G1. Consultado em 04 de agosto de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Programa Construção Hoje notícias mostra andamento das obras da Linha 4». Concessionária Rio Barra S.A. 25 de abril de 2013. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  3. a b c «Estação São Conrado começa a ganhar forma». Concessionária Rio Barra S.A. 8 de outubro de 2013. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  4. Luiz Ernesto de Magalhães (3 de dezembro de 2012). «Construção da Linha 4 do metrô custará 70% a mais do que o estimado inicialmente». O Globo. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  5. Assessoria de comunicação da Secretaria Estadual de Transportes do Rio de Janeiro (10 de fevereiro de 2011). «Linha 4 do metrô: Moradores de São Conrado são apresentados ao projeto». Imprensa do Estado do Rio de Janeiro (Subsecretaria de Comunicação Social). Consultado em 6 de novembro de 2013 
  6. «Linha 4: a partir de segunda-feira (01/07), haverá alteração no trânsito de São Conrado». Concessionária Rio Barra S.A. 28 de junho de 2013. Consultado em 6 de novembro de 2013 
  7. de Andrade, Hanrrikson (12 de julho de 2016). «Moradores fazem abaixo-assinado por nome da Rocinha em estação de metrô». Portal UOL. Consultado em 16 de janeiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]