Every Day a Little Death

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Every Day a Little Death"
12º episódio da 1ª temporada de Desperate Housewives
Informação geral
Escrito por Chris Black
Direcção David Grossman
Código de produção 111
Exibição original 16 Janeiro 2005
Cronologia
Último
Último
"Move On"
"Your Fault"
Próximo
Próximo
Anexo:Lista de episódios de Desperate Housewives

"Every Day A Little Death" é o 12º episódio da série "Desperate Housewives". Foi escrito por Chris Black e realizado por David Grossman. Estreou nos E.U.A. em 16 Janeiro 2005.

Sumário[editar | editar código-fonte]

O corpo da Sra. Huber é encontrado e Edie decide realizar uma cerimônia de funeral no lago, e, quando as amigas recusam todas a atenderem, Susan vê-se forçada a ir com a rival pois tem medo que esta descubra quem colocou fogo à sua casa. Lynette tenta meter os filhos no playground do centro de ioga. Bree continua a sair com George, que a surpreende com uma prenda espectacular. Carlos sai finalmente da prisão, mas encontra-se em prisão domiciliar, por isso Gabrielle tem de continuar a trabalhar para pagar as contas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Estrelas Convidadas[editar | editar código-fonte]

Frase de Mary Alice[editar | editar código-fonte]

A morte é inevitável. É uma promessa feita a cada um de nós ao nascermos. Mas antes dessa promessa se cumprir, nós todos esperamos que algo aconteça a nós. Seja ela a emoção de um romance... ou a felicidade em ter uma família... Ou a angústia de uma grande perda...
Sim, todos esperamos expenciar algo que torne nossas vidas significativas. Mas o fato mais triste é que nem todas as vidas têm um significado. Algumas pessoas passam seu tempo no planeta sentados no meio-fio... esperando que algo aconteça a elas antes que seja tarde demais.

Trivia[editar | editar código-fonte]