Every Day a Little Death

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Every Day a Little Death"
12º episódio da 1ª temporada de Desperate Housewives
Informação geral
Escrito por: Chris Black
Direcção David Grossman
Código de produção 111
Exibição original 16 Janeiro 2005
Cronologia
Último
Último
"Move On"
"Your Fault"
Próximo
Próximo
Anexo:Lista de episódios de Desperate Housewives

"Every Day A Little Death" é o 12º episódio da série "Desperate Housewives". Foi escrito por Chris Black e realizado por David Grossman. Estreou nos E.U.A. em 16 Janeiro 2005.

Sumário[editar | editar código-fonte]

O corpo da Sra. Huber é encontrado e Edie decide realizar uma cerimônia de funeral no lago, e, quando as amigas recusam todas a atenderem, Susan vê-se forçada a ir com a rival pois tem medo que esta descubra quem colocou fogo à sua casa. Lynette tenta meter os filhos no playground do centro de ioga. Bree continua a sair com George, que a surpreende com uma prenda espectacular. Carlos sai finalmente da prisão, mas encontra-se em prisão domiciliar, por isso Gabrielle tem de continuar a trabalhar para pagar as contas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Estrelas Convidadas[editar | editar código-fonte]

Frase de Mary Alice[editar | editar código-fonte]

A morte é inevitável. É uma promessa feita a cada um de nós ao nascermos. Mas antes dessa promessa se cumprir, nós todos esperamos que algo aconteça a nós. Seja ela a emoção de um romance... ou a felicidade em ter uma família... Ou a angústia de uma grande perda...
Sim, todos esperamos expenciar algo que torne nossas vidas significativas. Mas o fato mais triste é que nem todas as vidas têm um significado. Algumas pessoas passam seu tempo no planeta sentados no meio-fio... esperando que algo aconteça a elas antes que seja tarde demais.

Trivia[editar | editar código-fonte]