Félicien Marceau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Félicien Marceau
Nascimento 16 de setembro de 1913
Kortenberg,  Bélgica
Morte 7 de março de 2012 (98 anos)
Prémios Prémio Goncourt (1969)
Género literário Romance, ensaio e peças de teatro

Félicien Marceau é o pseudónimo de Louis Carette (Kortenberg, 16 de setembro de 1913 - 7 de março de 2012), um escritor francês.

Foi membro da Academia Francesa desde 1976 e ganhou o Prémio Goncourt em 1969. Deixou mais de 40 romances, ensaios e peças de teatro. [1]

Obras[editar | editar código-fonte]

Período belga[editar | editar código-fonte]

  • 1942 - Cadavre exquis, romance (reedição em 2011).
  • 1942 - Le Péché de Complication, romance.
  • 1943 - Naissance de Minerve, ensaio.

Período francês[editar | editar código-fonte]

Romances[editar | editar código-fonte]

Colectâneas de histórias[editar | editar código-fonte]

  • 1953 - En de secrètes noces
  • 1957 - Les Belles natures
  • 1992 - Les Ingénus

Teatro[editar | editar código-fonte]

}}

Ensaios[editar | editar código-fonte]

}}

Memórias[editar | editar código-fonte]

  • 1968 - Les Années courtes

Outras publicações[editar | editar código-fonte]

  • 1998 - L'imagination est une science exacte, entretiens avec Charles Dantzig
  • 1998 - La Fille du pharaon, fables
  • 2011 - De Marceau à Déon, De Michel à Félicien, Lettres 1955-2005, correspondance avec Michel Déon

Traducções[editar | editar código-fonte]

Cenário[editar | editar código-fonte]

Referências

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Félicien Marceau
Ícone de esboço Este artigo sobre literatura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.