Famous Studios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Famous Studios
Paramount Cartoon Studios
Atividade Estúdio de animação
Fundação 25 de maio de 1942
Destino Encerrada pela nova dona, Gulf+Western
Encerramento 1967
Pessoas-chave Sam Buchwald,br>Seymour Kneitel
Isadore Sparber
Dan Gordon
Howard Post
Shamus Culhane
Ralph Bakshi
Empresa-mãe Paramount Pictures (Viacom)
Antecessora(s) Fleischer Studios
Sucessora(s) Paramount Animation
A Praça Encantada (1947).

Famous Studios (depois renomeado como Paramount Cartoon Studios em 1956) foi uma divisão de animação da Paramount Pictures ente 1942 e 1967, criada após a aquisição do Fleischer Studios em 1941.[1]

As produções do estúdio incluem três séries iniciado pela Fleischers: Popeye, Superman,[2] e Screen Songs, bem como Little Audrey, Little Lulu, Casper the Friendly Ghost, Honey Halfwitch, Herman and Katnip, Baby Huey, e a serie Noveltoons.


O nome Famous foi anteriormente utilizado como Famous Players Film Company, uma das várias empresas que em 1912 tornou-se Famous Players-Lasky Corporation, a empresa que fundou Paramount Pictures.[1] A marca da Paramount, que detinha os direitos de toda as músicas originais nos desenhos da Fleischer/Famous Studios se tornou Famous Music.


Em 1955, a Paramount vendeu a maior parte de seus filmes anteriores a 1951, exceto Popeye e Superman, para U.M. & M. T.V. Corp. para distribuição de televisão. Os desenhos de Popeye foram adquiridos pela Associated Artists Productions (a.a.p.) e o Superman foi revertido para a National Comics, após direitos expirarem. Em outubro de 1956, Famous Studios foi reduzido e reorganizado. Paramount assumiu o controle completo do estúdio, integrando-o em Paramount Pictures Corporation como uma divisão chamada Paramount Cartoon Studios.[3]

Em 1958, a Paramount vendeu os desenhos que sobraram para a Harvey Comics.[4][nota 1] No final de 1967, mesmo com a contratação de jovem promissor Ralph Bakshi,[5] que produziu diversos desenhos animados experimentais, mais isso não impediu que o estúdio fosse fechado.

Notas

  1. Atualmente pertencentes a DreamWorks Classics

Referências

  1. a b Maltin, Leonard (1980, rev. 1987). Of Mice and Magic. New York: Plume. Pg. 311
  2. A época clássica do desenho animado americano
  3. Maltin, Leonard (1980, rev. 1988). Pg. 316-319
  4. Paramount Cartoons 1958-59
  5. Maltin, Leonard (1980, rev. 1988). Pg. 321-322

Ligações externas[editar | editar código-fonte]