Federação das Indústrias do Estado do Acre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde novembro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC) é a entidade de representação das indústrias do estado do Acre. Sedia-se na cidade de Rio Branco.

O Sistema FIEAC é composto pelo SESI, SENAI, IEL e sindicatos patronais da indústria do Acre:

  1. SINCEPAV - Sindicato da Indústria de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem do Estado do Acre
  2. SINCON - Sindicato da Indústria de Confecções e Correlatas do Estado do Acre
  3. SINDIGRAF - Sindicato das Indústrias Gráficas do Estado do Acre
  4. SINDMINERAL - Sindicato da Indústria de Areia, Argila e Laterita do Estado do Acre
  5. SINDMOVEIS - Sindicato da Indústria de Móveis do Estado do Acre
  6. SINDOAC - Sindicato da Indústria de Olaria do Estado do Acre
  7. SINDPAN - Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado do Acre
  8. SINDUSCON - Sindicato da Indústria de Construção Civil do Estado do Acre
  9. SINDUSMAD - Sindicato da Indústria de Serrarias, Carpintarias, Tonoarias, Madeiras Compensadas e Laminadas, Aglomerados e Chapas de Fibras de Madeiras do Estado do Acre
  10. SINPAL - Sindicato da Indústria de Produtos Alimentares do Estado do Acre

Em 2016 faleceu o empresário Carlos Sasai, ex-presidente a FIEAC, e por conta disso a entidade declarou luto oficial.[1]

Em 2017 a federação anunciou um programa paralelo para legalizar o transporte de madeira.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. O Rio Branco.net (24 de Junho de 2016). «Empresário Carlos Sasai morre no Hospital das Clínicas». Consultado em 30 de novembro de 2017 
  2. G1 (11 de outubro de 2017). «Após problemas para emitir DOF, Fieac anuncia programa paralelo para legalizar transporte de madeira». Consultado em 30 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]