Federação das Indústrias do Estado do Ceará

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará , também conhecida como FIEC, é a principal entidade de representação das indústrias do estado brasileiro do Ceará. Sedia-se na cidade de Fortaleza. A FIEC congrega 39 sindicatos patronais[1]. Atualmente é presidido pelo empresário Beto Studart. A FIEC faz parte do Sistema FIEC, que congrega o SENAI, SESI, IEL e CIN.

História[editar | editar código-fonte]

A FIEC surgiu da reunião de cinco sindicatos em 12 de maio de 1950[2]:

  • Sindicato da Indústria de Fiação e Tecelagem em Geral do Estado do Ceará,
  • Sindicato da Construção Civil de Fortaleza,
  • Sindicato da Indústria de Calçados de Fortaleza,
  • Sindicato da Indústria de Tipografia de Fortaleza e
  • Sindicato de Alfaiataria e Confecção de Roupas para Homens de Fortaleza.

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Presidente Período
1 Waldir Diogo de Siqueira.jpg Waldyr Diogo de Siqueira 1950 - 1962
2 Thomaz Pomeu Netto.gif Thomás Pompeu de Souza Brasil Netto 1962 - 1971
3 José Raimundo Gondim 1967 - 1970
4 Francisco José Andrade de Silveira 1971 - 1977
5 José Flávio Costa Lima 1977 - 1986
6 Luiz Esteves Neto 1986 - 1992
7 Fernando Cirino Gurgel 1992 - 1999
8 Jorge Parente Frota Júnior 1999 - 2006
9 Roberto Proença de Macêdo 2006 - 2014
10 Jorge Alberto Vieira Studart Gomes,[3] 2014 -

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Sindicatos Industriais vinculados a FIEC». FIEC. Consultado em 21 de maio de 2009 
  2. «Vertical S/A: FIEC QUASE 60». O Povo. 13 de maio de 2009. Consultado em 21 de maio de 2009 [ligação inativa]
  3. «Empresário Beto Studart assume presidência da Fiec - Vídeos - TV Diário». TV Diário. Consultado em 30 de setembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Página do Sistema FIEC

Bandeira do Ceará.svg Este artigo é um esboço para um artigo maior sobre o Ceará. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.