Fernando Aiuti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Fernando Aiuti
Nascimento 8 de junho de 1935
Urbino
Morte 9 de janeiro de 2019 (83 anos)
Roma
Nacionalidade Italiano
Alma mater Universidade de Roma "La Sapienza"
Causa da morte acidente doméstico
Campo(s) Imunologia

Fernando Aiuti (Urbino, 8 de junho de 1935Roma, 9 de janeiro de 2019) foi um médico imunologista e político italiano. Foi fundador e atual presidente honorário da Associação Anlaids.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Urbino em 1935, Fernando Aiuti formou-se em medicina e cirurgia em 1961, pela Universidade de Roma "La Sapienza". Em 1991, durante um congresso na feira de Cagliari, onde discutia-se a possibilidade de transmissão de AIDS por via oral, ele de repente agarrou Rosaria Iardino,[2] uma mulher HIV-positiva, e a beijou na boca, tentando convencer a opinião pública de que o vírus não poderia ser transmitido por via oral. Um jornalista fotografou a cena e esta foto rodou o mundo.

Em 2008 candidatou-se pelo Povo da Liberdade nas eleições municipais de Roma, sendo eleito, até 2013.

Morreu aos 83 anos na Policlínica Gemelli, onde estava internado devido a uma cardiopatia isquémica, caindo de algumas escadas.[3]

Documentário[editar | editar código-fonte]

  • + o - il sesso confuso. Racconti di mondi nell'era AIDS, de Andrea Adriatico e Giulio Maria Corbelli, (2010)

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um médico é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.