La Repubblica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La Repubblica logo.png
7.LaRepubblicaRomeItaly.jpg
Página do la Repubblica de 4 de novembro de 2008.
Periodicidade diário
Formato berlinense
Sede Roma
Fundação 14 de janeiro de 1976 (40 anos)
Fundador(es) Eugenio Scalfari
Pertence a Gruppo Editoriale L'Espresso
Diretor Ezio Mauro
Orientação política centro-esquerda
Idioma italiano
Circulação 455 897 (100%)[1]
Página oficial www.repubblica.it

la Repubblica é um jornal diário italiano, fundado em 1976 em Roma pelo Gruppo Editoriale L'Espresso. É o segundo diário da Itália por tiragem depois do Corriere della Sera de Milão[2].

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundado em 1976 em Roma pelo Gruppo Editoriale L'Espresso conduzido por Eugenio Scalfari e Carlo Caracciolo e Arnoldo Mondadori Editore. Nascido como um jornal radical de esquerda, [1], que desde então tem moderado sua posição política para a centro-esquerda.[3][4] Ele recentemente assumiu uma posição liberal e uma vista geral de apoio do primeiro-ministro democrata Matteo Renzi.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dati dicembre 2013 de Accertamenti Diffusione Stampa
  2. Dati Audipress (2 aprile 2013 - 7 luglio 2013)
  3. Rachel Donadio (3 de maio de 2009). «Italy Premier’s Drama Unfolds in Press». The New York Times [S.l.: s.n.] «I’d like to close the curtain on our married life,' Veronica Lario, 52, told La Repubblica, the center-left daily despised by Mr. Berlusconi» 
  4. John Hooper (16 de fevereiro de 2011). «Silvio Berlusconi says he's not worried about standing trial». The Guardian (London [s.n.]). 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.