Festival Qingming

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Festival Qingming é um tradicional festival chinês para reverência aos mortos, realizado no início do mês de abril. É também conhecido como o dia da limpeza dos túmulos.[1]

Origem[editar | editar código-fonte]

Assim como a maioria das datas especiais chinesas, o Qingming se baseia no calendário lunissolar chinês e ocorre sempre no primeiro dia do quinto período solar, equivalendo aos dias 4–6 de abril no calendário gregoriano.[2]

O festival Qingming originou-se na dinastia Tang. Naquele período, os chineses ricos passaram a fazer cerimônias cheias de luxo e ostentação para seus ancestrais em qualquer época do ano,repetindo-as várias vezes. As cerimônias passaram a ser consideradas excessivas, e como forma de conter essa prática, o Imperador Xuanzong determinou em 732 d.C. que o culto aos ancestrais só poderiam ser realizados uma vez ao ano, durante o Qingming.[3]

A celebração possui duas conotações: a de alegria, por poder apreciar o tempo agradável e florido da primavera; e a de luto, pela veneração aos ancestrais, através do cuidado com o túmulo da família.[4]

O Qingming é visto como um festival alegre, pois após seu encerramento as temperaturas se elevam e a chuva aumenta, sendo assim, segundo a tradição chinesa, o momento do plantio, da chegada das temperaturas amenas da primavera e da esperança de uma colheita farta.[5]

Por outro lado, o festival é também conhecido como um momento de luto, pois é o momento de cultuar os mortos. Os cemitérios, neste período, costumam ficar lotados de pessoas que vão até lá para limpar e enfeitar os túmulos de sua família. Nas regiões do interior da China, as pessoas vão ao ao campo, pois nessas regiões há a tradição de se enterrar os mortos nas terras da família, em local nobre e protegido das enchentes.[6]

Esse dia voltou a ser, em 2008, um feriado oficial na China.[1]

Tradições do Festival[editar | editar código-fonte]

Ilustração de uma família chinesa queimando papéis em reverência aos mortos.

Comida típica[editar | editar código-fonte]

A comida tradicional do festival é o qingtuan, uma espécie de bolinho feito de arroz e vegetais cuja cor é comparada à do jade. Também é costume comer ovos, para trazer boa saúde durante todo o ano.[7]

Superstição[editar | editar código-fonte]

Durante o festival, os chineses costumam colocar ramos de salgueiro em suas portas e/ou carregar um ramo consigo. Eles acreditam que os ramos de salgueiro ajudarão a afastar os espíritos malignos que vagueiam durante o festival.[8]

Colheita do chá[editar | editar código-fonte]

O feriado tem um significado na cultura do chá no que diz respeito à sua colheita. O chá que é colhido antes do festival é conhecido como 'pré-Qingming' (em chinês: 清明 前) e possui o preço mais elevado. A valorização do chá colhido nesse período dá-se pela crença de que, sendo colhido nessa época, o chá torna-se de sabor mais leve e mais sutil do que os colhidos após o festival.[1]

Piquenique[editar | editar código-fonte]

Durante o Qingming é costume as famílias fazerem um piquenique ao redor do túmulo de seus familiares. Trata-se de um ato simbólico para que os ancestrais saibam que não foram esquecidos por seus descendentes e familiares. Os pratos servidos devem sempre ser em números pares e deve haver uma tigela de arroz com alguns palitos de incenso.[6]

Queima de bens materiais[editar | editar código-fonte]

Simbolicamente, durante o Qingming, é feita a queima dos bens materiais dos mortos. Para isso são utilizados dinheiro de papel e pequenas representações dos bens materiais que a pessoa tinha em vida, como casa, carro, empregados, telefone, etc. Tradicionalmente, acredita-se que os mortos precisam dos bens para continuar usufruindo uma vida próspera após a morte.[9]

Referências

  1. a b c Marote, Christine (5 de abril de 2015). «Festival Qingming – os chineses venerando seus mortos». Site China na Minha Vida. Consultado em 11 de novembro de 2016 
  2. Lanfranco, Ed (5 de abril de 2004). «Chinese festival for the dead lives on» [Festival chinês aos mortos perdura]. UPI (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2016. Unlike most traditional observances which are determined by the lunar calendar, Qingming falls two weeks after the vernal equinox, April 4-6 on the Gregorian calendar. 
  3. Wu, Annie (8 de agosto de 2016). «Qingming Festival» [Festival Qingming]. China Highlights (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2016. The Qingming Festival started from the Zhou Dynasty, and has a history of over 2,500 years. [...] In the year 732, Emperor Xuanzong of the Tang Dynasty, declared that respect could only be paid formally at ancestors' graves on the first day of the Qingming solar term. 
  4. «Qingming Festival» [Festival Qingming]. China.org.cn (em inglês). China Internet Information Center. Consultado em 11 de novembro de 2016. The Qingming Festival sees a combination of sadness and happiness. 
  5. Ying, Zhang (6 de abril de 2011). «Fiesta Qingming tiene su origen en el Día Hanshi» [Festival Quingming tem sua origem no Dia Hanshi]. Español CCTV.com (em espanhol). China Central Television. Consultado em 11 de abril de 2016. Después de "Qingming", las temperaturas empiezan a subir en China y las condiciones son propicias para iniciar el arado de la tierra. 
  6. a b Marote, Christine (4 de abril de 2011). «Qing Ming». Site China na Minha Vida. Consultado em 11 de novembro de 2016 
  7. Ying, Zhang (6 de abril de 2011). «Una variada tradición culinaria de La Fiesta Qingming» [Uma variada tradição culinária do Festival Qingming]. Español CCTV.com (em espanhol). China Central Television. Consultado em 11 de novembro de 2016 
  8. «Notice for the Qingming Festival's Leave» [Aviso sobre o feriado do Festival Qingming]. The Embassy of the people's Republic of China in Sweden (em inglês). 2 de abril de 2008. Consultado em 11 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 15 de abril de 2009. Some people carry willow branches with them on Qingming, or put willow branches on their gates and/or front doors. They think that willow branches help ward off the evil ghosts that wander on Qingming. 
  9. Ortolano, Ugo. «Chinese Tomb Sweeping Festival» [Festival da Limpeza de Túmulos chinês]. Taiwanese Secrets Travel Guide (em inglês). Consultado em 11 de novembro de 2016. Also, they offer uptraditional Chinese foods, liquor or "ghost money" or anything else that they think their ancestors might desire or need in the afterlife. [...] They could include joss paper versions of cars, air conditioners [...] These items get printed on joss paper and burned (just as is done with ghost money), thus sending them on to the next world.