Figma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Figma
Logótipo
Desenvolvedor Figma, Inc.
Plataforma x86_64, x86
Modelo do desenvolvimento Software proprietário e parcialmente de código aberto
Lançamento 27 de setembro de 2016; há 5 anos
Versão estável 88.1.0
Idioma(s) Multilíngue
Escrito em HTML, CSS, Javascript, WebKit, Node.js, C (GTK+)
Sistema operativo Linux, OS X, Windows
Gênero(s) Editor gráfico vetorial
Licença Figma Terms Of Service
Estado do desenvolvimento Ativo
Página oficial www.figma.com

Figma é um editor gráfico de vetor e prototipagem de projetos de design baseado principalmente no navegador web, com ferramentas offline adicionais para aplicações desktop para GNU/Linux, macOS e Windows. O aplicativo Figma Mirror é um sistema de prototipagem que espelha o que está sendo feito no computador para o smartphone Android e/ou iOS, permitindo a simulação do vetor criado no computador como um aplicativo ou página da web. O Figma é um software focado no desenvolvimento de sistemas de design gráfico, prototipagem de interface gráfica de usuário e desenvolvimento de UI/UX (user interface experience ou experiência da interface com o usuário), permitindo também o desenvolvimento colaborativo em tempo real com outros usuários remotamente.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Figma teve início oferecendo seu serviço apenas para convidados em dezembro de 2015.[2] O primeiro lançamento público do software foi feito em 27 de setembro de 2016. Hoje o Figma possui seu plano gratuito e seus planos pagos para usuários profissionais e corporativos.[3]

Em outubro de 2019, a Figma lançou o Figma Community,[4] permitindo que designers pudessem publicar seu trabalho para outros visualizarem e editarem, como uma espécie de modelo open source de design.

Em abril de 2020 a Figma alcançou o valor de mercado de mais de 2 bilhões de dólares.[5]

Concorrentes[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Gonzalez, Robbie. «Figma Wants Designers to Collaborate Google-Docs Style». WIRED. WIRED. Consultado em 1 de julho de 2020 
  2. Constine, Josh. «23-Year-Old's Design Collaboration Tool Figma Launches With $14M To Fight Adobe». TechCrunch. TechCrunch. Consultado em 1 de julho de 2020 
  3. «Figma Releases: Figma 1.0.0». Figma. Consultado em 1 de julho de 2020 
  4. Lee, Dami. «Figma's new community profiles let users view and remix design files». The Verge. The Verge. Consultado em 1 de julho de 2020 
  5. Konrad, Alex (30 de abril de 2020). «Figma Eyes Acquisitions, New Tools With $50 Million In Fresh Funding At $2 Billion Valuation». Forbes