Francisca Clotilde

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Francisca Clotilde
Nascimento 19 de outubro de 1862
Tauá, Brasil
Morte 8 de dezembro de 1935 (73 anos)
Aracati, Brasil
Nacionalidade Brasileira
Ocupação Escritora, educadora e jornalista

Francisca Clotilde Barbosa de Lima (Tauá, 19 de outubro de 1864 - Aracati, 8 de dezembro de 1935) foi escritora,[1] educadora e jornalista brasileira. Autora de A Divorciada (1902). Participou da campanha abolicionista e foi defensora da emancipação feminina. Publicou contos, poemas e artigos também por meio do pseudônimo Jane Davy[2].

Francisca Clotilde nasceu na fazenda São Lourenço, em Tauá, a 19 de outubro de 1862, filha de João Correia Lima e de Ana Maria Castello Branco. Anos depois, mudou-se para Baturité. Terminado o Curso Primário, foi a Fortaleza, onde tornou-se aluna do Colégio da Imaculada Conceição. Passado esse período escolar, dirigiu-se à Escola Normal onde fez vários testes com o intuito de lecionar. Foi, portanto, a primeira professora do sexo feminino a lecionar na Escola Normal do Estado do Ceará, em 1882. Colaborou em vários jornais do Ceará, como A Quinzena, O Domingo e A Evolução. Sua produção literária enfatiza a emancipação feminina, a política e a liberdade. Também esteve envolvida com a campanha abolicionista.

Em 1902, publicou o romance A Divorciada, que trata de um tema bastante polêmico para o final do século XIX. Foi colaboradora assídua da revista A Estrella, fundada em Baturité por sua filha Antonieta Clotilde. No dia 05 de março de 1908, chegou à cidade de Aracati, atendendo a inúmeros pedidos de personalidades aracatienses e a 9 de março do mesmo ano fundou o Externato Santa Clotilde, junto às filhas Antonieta e Ângela Clotilde[3].

Referências

  1. «Escritora Anamélia lança livro sobre Francisca Clotilde - acessado em 24 de agosto de 2015». Consultado em 24 de agosto de 2015. Arquivado do original em 15 de março de 2016 
  2. «Gênero e trajetória biográfica: a história da ousada e esquecida Francisca Clotilde (1862-1935)» (PDF). Consultado em 24 de agosto de 2015. Arquivado do original (PDF) em 24 de setembro de 2015 
  3. Francisca Clotilde[ligação inativa]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]