Francisco Adam

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Adam
Nome completo Francisco Amaro Rodrigues Adam
Outros nomes Dino
Nascimento 13 de agosto de 1983
Runa, Torres Vedras, Lisboa
Nacionalidade português
Morte 16 de abril de 2006 (22 anos)
Benavente[1]
Ocupação Ator

Francisco Adam (Francisco Amaro Rodrigues Adam, Lisboa, 13 de Agosto de 1983 - Samora Correia, 16 de Abril de 2006) foi um actor e modelo português que ficou conhecido pela sua personagem Dino na série juvenil da TVI Morangos com Açúcar.[1]

Morte[editar | editar código-fonte]

Na madrugada de 16 de Abril de 2006, Francisco Adam foi a primeira vítima mortal do despiste de um automóvel que conduzia e no qual seguiam mais dois passageiros. Adam seguia para Santa Cruz (Torres Vedras) vindo de uma sessão de autógrafos quando se deu o acidente.

No mesmo carro seguiam Filipe Diegues, que sobreviveu com ferimentos ligeiros, e Osvaldo Serrão, que lutou pela vida durante 12 dias no Hospital de Santa Maria e que, após ser transferido para o Hospital Garcia de Orta, em Almada, acabou por morrer.

O resultado da autópsia a Adam, designadamente do exame toxicológico, revelou a presença de cocaína, anfetaminas, cafeína e álcool no sangue do actor, substâncias que terá consumido momentos antes do acidente fatal.[2]

Mais tarde os DZR'T escreveram uma música de homenagem, escondida no 2º albúm, na canção "Imagina comigo".[carece de fontes?]

Ainda mais tarde, foi a vez de Angélico Vieira, vocalista dos D'ZRT, de falecer num acidente de viação, em 2011.

Referências

  1. a b Benavente quer rotunda onde morreu Francisco Adam, Jornal Público de 15 de maio de 2006. Acessado em 4 de novembro de 2015.
  2. Autópsia a Dino revela cocaína, Correio da Manhã, 19 de maio de 2006. Acessado em 4 de novembro de 2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]