Frank Gray

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Frank Gray
Informações pessoais
Nome completo Francis Tierney Gray
Data de nasc. 27 de outubro de 1954 (65 anos)
Local de nasc. Glasgow,  Reino Unido
Altura 1,77 m
Clubes de juventude
1971–1973 Leeds United
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1972–1979
1979–1981
1981–1985
1985–1989
1989–1992
Leeds United
Nottingham Forest
Leeds United
Sunderland
Darlington
Seleção nacional
1976–1983 Flag of Scotland.svg Escócia

Francis Tierney Gray, mais conhecido como Frank Gray (Glasgow, 27 de outubro de 1954), é um ex-futebolista escocês.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Leeds United[editar | editar código-fonte]

Gray fez parte de uma gerações de jogadores da Leeds United de meados da década de 1970, encarregada da tarefa de manter o sucesso do clube após a era Don Revie.

Grey juntou-se ao clube como meio-campista de 17 anos e estreou em 1973, marcando um gol em seu primeiro jogo. O técnico Don Revie havia perdido Terry Cooper por causa de uma lesão e precisava encontrar substitutos e Gray obteve sua chance no time titular.

Gray foi sacado da equipe devido a sua idade no ano seguinte e Cherry se estabeleceu na posição. O Leeds ganhou o Campeonato Inglês daquela temporada, mas Gray jogou apenas três vezes.

Na temporada seguinte, ele fez 18 jogos na Liga e jogou na final da Liga dos Campeões em Paris em que o Leeds perdeu por 2-0 para o Bayern de Munique.

À medida que o time de Don Revie se dissolveu devido à idade - o próprio Revie saiu para ser treinador na Seleção Inglesa no ano anterior - Gray encontrou-se marcado como um dos jovens brilhantes que manteriam o trabalho da equipe anterior, ao lado de Gordon McQueen e Joe Jordan.

Nottingham Forest[editar | editar código-fonte]

Gray deixou o Leeds em 1979 por £500,000 e se juntou ao Nottingham Forest. Gray entrou no time e jogou sua segunda final da Liga dos Campeões em 1980, fazendo dele o primeiro jogador a jogar a final com dois clubes ingleses diferentes mas desta vez, ele foi bem-sucedido, uma vez que o Forest venceu por 1-0 o time do Hamburgo SV.

Retorno para o Leeds[editar | editar código-fonte]

Apesar de seu sucesso, Gray nunca se firmou no Forest e aceitou um convite em 1981 para retornar ao Leeds pelo ex-companheiro de equipe Allan Clarke, que agora era o treinador. Foi um acordo de £300,000 que fez Gray voltar para Elland Road, mas na primeira temporada de seu retorno, o Leeds acabou sendo rebaixado.

Clarke foi demitido de Leeds após a queda e o irmão de Gray, Eddie, assumiu o comando do clube. O mais novo Gray jogou durante quatro anos sob a administração de seu irmão, mas o Leeds não conseguiu subir de divisão e Gray deixou o clube para jogar no Sunderland em 1985, desta vez para nunca mais voltar. 

No total, Gray jogou 396 jogos e fez 35 gols.

Carreira Internacional[editar | editar código-fonte]

Gray fez sua estréia na Seleção Escocesa em uma vitória por 1-0 sobre a Suíça em 1976.

Gray foi selecionado para o time da Copa do Mundo de 1982 na Espanha, ele jogou nos três jogos do grupo contra a Nova Zelândia, Brasil e URSS. .[1][2]

Sua carreira internacional terminou em 1983 após 32 jogos e um gol.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Leeds United

Nottingham Forest

Sunderland

  • Terceira Divisão Inglesa: 1987–88

Darlington

  • Quarta Divisão Inglesa: 1990–91

Referências

  1. «Seleção Escocesa na Copa do Mundo FIFA de 1982». Fifa.com. Consultado em 28 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 20 de junho de 2010 
  2. «Jogos da Copa de 1982 - Classificação». Universo Online. Consultado em 28 de dezembro de 2010