Franz Reuleaux

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Franz Reuleaux
Nascimento 30 de setembro de 1829
Eschweiler (Renânia)
Morte 20 de agosto de 1905 (75 anos)
Charlottenburg
Sepultamento Alter Zwölf-Apostel-Kirchhof
Nacionalidade alemão
Cidadania Prússia, Império Alemão
Irmão(s) Ludwig Reuleaux, Carl Reuleaux
Alma mater
Ocupação engenheiro, professor universitário
Prêmios
  • doutor honoris causa do Instituto de Tecnologia de Karlsruhe
  • doutor honoris causa da Universidade de Montreal
Empregador Universidade Técnica de Berlim, Instituto Federal de Tecnologia de Zurique
Orientador(es) Ferdinand Redtenbacher[1]
Orientado(s) Carl von Linde
Campo(s) engenharia

Franz Reuleaux (30 de setembro de 182920 de agosto de 1905) foi um engenheiro mecânico alemão e professor da Academia Real Técnica de Berlim, onde também foi reitor. Muitas vezes chamado de pai da cinemática, Reuleaux também contribuiu em importantes áreas da ciência.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Franz Reuleaux nasceu em Eschweiler, na Alemanha (na época parte da Prússia). Seu pai e seu avô eram ambos fabricantes de máquinas. Sua formação técnica se iniciou na Escola Politécnica da Universidade de Karlsruhe. Em seguida, estudou nas universidades de Berlim e Bonn.

Depois de passar um tempo na empresa da família, tornou-se professor do Instituto Federal Suíço em Zurique. Finalmente, em 1879, tornou-se reitor da Academia Real Técnica de Berlim, então um reconhecido instituto técnico, com cerca de 300 professores. Ele se tornou bastante conhecido como engenheiro-cientista, professor e consultor industrial, reformador da educação e líder da elite técnica da Alemanha.

Em 1876, Reuleaux foi nomeado o presidente do painel de juízes alemães para a Sexta Feira Industrial Mundial da Philadelphia, realizada em 10 de maio daquele ano. Ele admitiu que os produtos alemães realizaram eram inferiores aos de outros países, baratos e de má qualidade. Este comentário teve ampla repercussão na imprensa.

Reuleaux serviu em vários júris e comissões internacionais e se envolveu profundamente na elaboração do sistema de [patente] alemão.

Em 1882 tornou-se membro da Academia Real das Ciências da Suécia.

O Triângulo de Reuleaux rotacionando dentro de um quadrado

Cinemática[editar | editar código-fonte]

Reuleaux acreditava que as máquinas poderiam ser entendidas como cadeias de ligações elementares chamadas par cinemáticos. A sequência de movimentos de pares produziria uma cadeia cinemática, desenvolvendo uma simbologia simplificada para descrever a topologia de uma ampla variedade de mecanismos. À custa do governo alemão, dirigiu o projeto e fabricação de mais de 300 modelos de mecanismos simples.

Atualmente, ele é mais lembrado pelo Triângulo de Reuleaux, elemento mecânico em formato de triângulo com curva de largura constante que ele ajudou a desenvolver como uma forma mecânica útil.

O Triângulo de Reuleaux é uma curva de largura constante e com base em um triângulo equilátero. Todos os pontos de um lado estão equidistantes do vértice oposto.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Kinematics of Machinery (1875). ebook[1]
  • The Constructor (1861) ebook[2]
  • Kurzgefasste Geschichte der Dampfmaschine (1891)
  • Thomassche Rechenmaschine (2d ed. 1892)

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bragastini, Roberto Contributo per una interpretazione filosofica dell'opera di Franz Reuleaux, Università degli Studi di Milano (Milan, 2003).
  • Moon, Francis "Franz Reuleaux: Contributions to 19th C. Kinematics and Theory of Machines".
  • Moon, Francis C. (2007). The Machines of Leonardo Da Vinci and Franz Reuleaux, Kinematics of Machines from the Renaissance to the 20th Century. [S.l.]: Springer. ISBN 978-1-4020-5598-0 

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Franz Reuleaux


Ícone de esboço Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.