Frota da Rede de Viação Paraná-Santa Catarina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A lista abaixo apresenta as locomotivas diesel-elétrica e elétrica que pertenceram à Rede de Viação Paraná-Santa Catarina ou à RFFSA-RVPSC. A RVPSC foi criada pelo decreto nº4.746 de 25 de setembro de 1942[1] juntando sobre uma administração diversas linhas ferroviárias pertencentes ao Governo Federal.

Foi realizado um estudo técnico[2] pelo engenheiro Oscar Machado da Costa sobre o uso de tração diesel-hidráulica nas ferrovias. Na RVPSC foi testado o uso da GMD GMDH-1. Machado da Costa[3] foi responsável pelos projetos de reforço das pontes entre Morretes e Curitiba, permitindo posteriormente a circulação de locomotivas diesel-elétricas.

Modelo Fabricante Tração Numeração Original Numeração Sigo Rodagem Ano De Produção Total Potência Tipo De Serviço Imagem
GE 25T[4][5] GE Diesel-Elétrica 1-6 505-510 B 1946/47 6 130 hp Manobra GE 25T 507 ALL.JPG
GE 64T[6] Cooper-Bressemer/GE Diesel-Elétrica 30-47 2101- C-C 1945/46 e 1956 18 hp Carga e Manobra
MV RVPSC[7][8][9] Metropolitan-Vickers Elétrica 2000-2009 914-923 B-B 1952 10 900 hp Carga
GE 244[10][11] GE-ALCo Diesel-Elétrica 65-69 C-C 5 hp Carga
GE U5B GE Diesel-Elétrica 501-525 2037-2088 (sem correlação com a numeração original) B-B 1961 25 600 hp Manobra
Baldwin AS616E[12][13] Baldwin Diesel-Elétrica 40-44 3411-3415 C-C 1954 5 1.600 hp Carga
EMD GL8 EMD Diesel-Elétrica 1401-1418 4004-4021 B-B 1961 18 950 hp Manobra

Baldwin AS616E[editar | editar código-fonte]

As locomotivas Baldwin AS616E foram com a mesma especificação técnica da encomenda da EFCB, aproveitando uma encomenda desta, mas foram trocadas com a Estrada de Ferro Sorocabana (EFS) por locomotivas Cooper-Bressemer, que eram muito pesadas para as linhas da RVPSC, além de necessitarem de um raio de curva maior. Sendo uma prática usual entre a EFS e a RVPSC o empréstimo de locomotivas, tendo inclusive diversas locomotivas Metropolitan Vickers MK2000 emprestadas para testes nas linhas da Sorocabana, em contrapartida rodaram em testes na RVPSC modelos das locomotivas GE 1-C+C-1 e Whitcomb 94T.

GE 244[editar | editar código-fonte]

A RVPSC decidiu comprar novamente locomotivas com a mesma especificação técnica utilizada pela EFCB, adquirindo cinco unidade do modelo GE 244 em conjunto com a Central do Brasil. Entretanto, por ser uma locomotiva de grande porte e pesada, apresentou os mesmos problemas técnicos das Baldwin, sendo posteriormente transferidas para a EFCB.

Situação atual[editar | editar código-fonte]

Das locomotivas originalmente adquiridas pela RVPSC ainda continuam a operar com tráfego remunerado em companhias ferroviárias as locomotivas modelos GE 25T, GE U5B e EMD GL8. Os outros modelos encontram-se em presentação estática (Cooper-Bressemer e MV RVPSC) ou operando em empresas de locação de equipamentos (GE 244 e AS616E).

Referências

  1. Câmara dos Deputados (25 de setembro de 1942). Decreto-Lei nº 4.746, de 25 de Setembro de 1942. [S.l.]: D.O.U. 
  2. Costa, Oscar Machado da (1952). Generalidades sobre a Tração Diesel-Hidráulica. Coleção de Ricardo Melo Araujo. Curitiba-PR: [s.n.] p. 38 
  3. Carnasciali, Carlos Celso (2006). Oscar Machado da Costa. Um expoente da Engenharia Brasileira. Curitiba-PR: Fundação Santos Lima. p. 118. ISBN 85-85525-12-6 
  4. Flávio Cavalcanti (Março-1987). «Locomotiva GE 25 toneladas». Consultado em 8 de Março de 2014  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  5. APFMF. «GE 25T». Consultado em 8 de Março de 2014 
  6. Philip Wormald. «GE Export builders list - Phil's Loco Page» (DOC) (em inglês). p. 21. Consultado em Julho de 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. Gorni, Antonio Augusto (2009). " A ELETRIFICAÇÃO NAS FERROVIAS BRASILEIRAS". São Vicente-SP:: [s.n.] p. 368 
  8. Carvalho, Jonas Augusto Martins de. «As elétricas da RMV». Núcleo de Estudos Oeste de Minas da Associação Brasileira de Preservação Ferroviária - ABPF/NEOM. São João Del-Rei-MG. Consultado em 1 de Maio de 2011. Arquivado do original em 9 de julho de 2012 
  9. APFMF. «Metropolitan-Vickers». Consultado em 8 de Março de 2014 
  10. Flávio Cavalcanti (Março-1987). «SR-5 RFFSA - Rede Ferroviária Federal - Locomotiva GE 244». Consultado em 9 de Março de 2014  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  11. APFMF. «GE 244». Consultado em 9 de Março de 2014 
  12. Fabio Dardes (Março-1987). «Locomotivas Baldwin AS-616 nas ferrovias brasileiras». Consultado em 8 de Março de 2014  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  13. APFMF. «Baldwin AS616E». Consultado em 8 de Março de 2014