Fyodor Rokotov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fyodor Rokotov
Nome nativo Фёдор Степа́нович Ро́котов
Nascimento Vorontsovo manor Park
Morte 24 de dezembro de 1808
Moscovo
Cidadania Império Russo
Ocupação pintor
Catarina II, 1770

Fyodor Stepanovich Rokotov (Rússia, 1736 - Moscou, 1809) foi um importante pintor da Rússia, especializado em retratos.

Nasceu em uma família de servos pertencente aos Repin. Muito da sua biografia é obscura. Estudou na Academia Imperial em São Petersburgo, comprou sua liberdade e se estabeleceu como pintor da moda. Foi eleito acadêmico em 1765, mas quase não exerceu o professorado, pois interferia em sua criação. Deste ano em diante fixou-se em Moscou, onde recebia grande quantidade de encomendas, tornando-se um dos melhores retratistas de seu tempo, iniciando o gênero do retrato psicológico.

Entre seus retratos mais conhecidos estão: Portrait of Alexandra Struyskaya (1772), às vezes chamado de Mona Lisa russa e que é, reconhecidamente, a peça mais famosa da pintura russa do século XVIII; Retrato da condessa Elisabeth Santi (1785), e Lady in a Pink Dress (1770). Rokotov evitou pintar retratos formais com muitos ornamentos e decorações. Em vez disso, foi um dos primeiros pintores russos a avançar no retrato psicológico com atenção aos efeitos ópticos e atmosféricos.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) pintor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.