Gabriel de Lencastre, Duque de Aveiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

D. Gabriel de Lencastre ou Gabriel Ponce de León e Lencastre, cujo nome completo era Gabriel de Lencastre Ponce de León Manrique de Lara Cardenas Giron e Aragão nasceu em 9 de Agosto de 1667 e morreu em 23 de Junho de 1745). 7º Duque de Aveiro em 18 de fevereiro de 1720, confirmado em 2 de junho de 1732 e 6º Marquês de Torres Novas. Duque de Banhos, Grande de Espanha de 1ª classe. Detinha igualmente os Senhorios de Lousã, Abiul, Condeixa, Montemor-o-Velho, Penela e Sesimbra, e as Alcaidarias-mores de Sesimbra, Coimbra e Setúbal.

D. Gabriel era o 2º filho do fidalgo castelhano Manuel Ponce de León, 6º Duque dos Arcos, e da sua mulher Maria de Guadalupe de Lencastre Cardenas Manrique, que se tornou a 6º Duquesa de Aveiro. Por promessa judicial, Gabriel herdou o Ducado de Aveiro de sua mãe, com a condição de vir morar para Portugal. O Ducado dos Arcos ficou para seu irmão mais velho.

Morto solteiro, sem filhos, o Ducado de Aveiro passou para José de Mascarenhas Lencastre, Duque de Aveiro, seu primo afastado.

Litigou-se a casa de Aveiro entre seu sobrinho D. Antônio de Lencastre Ponce de León, Duque de Banhos e o Marquês de Gouveia e conde de Santa Cruz, D. José de Mascarenhas, que era sobrinho do célebre frei D. Gaspar da Encarnação ou D. Gaspar de Moscoso e Silva. A causa foi sentenciada sem surpresa portanto em 1749 a favor do Marquês e confirmada na Relação em 26 de maio de 1752 de que resultou entrar na posse da Casa por decreto de 17 de agosto de 1752. Sobre volumosos embargos oferecidos contra a primeira sentença, há uma carta de Alexandre de Gusmão a D. José em fins de 1751.

Precedido por
Maria Guadalupe
de Lencastre
Armas dos Lencastre, titulares do Ducado de Aveiro
Duque de Aveiro

1715 - 1745
Sucedido por
José de Mascarenhas
da Silva e Lencastre