Sesimbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Sesimbra
Brasão de Sesimbra Bandeira de Sesimbra

Sesimbra vista geral.JPG
Sesimbra vista geral
Localização de Sesimbra

Gentílico Sesimbrense
Área 195,47 km²
População 49 500 hab. (2011)
Densidade populacional
N.º de freguesias 3
Presidente da
câmara municipal
Francisco Jesus (PCP)
Fundação do município
(ou foral)
1201
Região (NUTS II) Área Metropolitana de Lisboa
Sub-região (NUTS III) Área Metropolitana de Lisboa
Distrito Setúbal
Província Estremadura
Orago Nossa Senhora da Consolação e Santiago
Feriado municipal 4 de Maio (Nosso Senhor Jesus das Chagas)
Código postal 2970
Sítio oficial www.cm-sesimbra.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Sesimbra é uma Vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, antiga província da Estremadura, e Área Metropolitana de Lisboa, com cerca de 5 600 habitantes (2011).[1][2] Encontre na sub-região de Área Metropolitana de Lisboa.

É sede de um município com 195,47 km² de área[3] e 49 500 habitantes (2011),[2][4] subdividido em 3 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelos municípios de Almada e do Seixal, a nordeste pelo Barreiro, a leste por Setúbal e a sul e a oeste tem litoral no oceano Atlântico.

A foz do rio Sado, a serra da Arrábida,o cabo Espichel, a lagoa de Albufeira e a praia do Meco fazem parte da paisagem natural de Sesimbra.[6]

A terceira freguesia do município, Quinta do Conde, tem igualmente o estatuto de vila, sendo inclusivamente mais populosa do que a sede do concelho.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Existem vestígios da presença humana em Sesimbra desde o período do calcolítico (3000 a.C.). Na Idade do Ferro (VIII-II) foi habitada pelos cempsos que estão na origem do nome da vila.[7]

Em 15 de Agosto de 1201 foi concedido aos habitantes de Sesimbra a Carta de Foral, documento régio de D. Sancho I de Portugal que aplica os direitos e deveres.

Foi no reinado de D. Dinis, sexto rei de Portugal, que se criou a Póvoa de Ribeira de Sesimbra, pequena aldeia de pescadores, junto ao mar.

A aldeia cresceu muito e tornou-se vila à época dos Descobrimentos.

Sesimbra passou a ser um importante porto de construção naval e de abastecimentos de embarcações.

Entre o final do século XIX e o inicio do século XX, floresceu, em Sesimbra, uma importante indústria conserveira.[8]

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes[9]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
5 749 6 801 8 340 9 047 10 620 11 472 13 276 13 282 14 947 16 837 16 650 23 103 27 246 37 567 49 500

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário[10]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 3 308 3 932 4 077 4 884 4 311 4 107 4 545 4 185 5 517 5 073 6 229 8 615
15-24 Anos 1 537 1 944 2 215 2 495 2 481 2 893 2 699 2 645 3 487 4 186 5 001 5 042
25-64 Anos 3 776 4 266 4 625 5 402 5 703 6 974 8 451 8 315 11 793 14 445 20 824 28 092
= ou > 65 Anos 394 511 496 549 658 858 1 142 1 505 2 306 3 542 5 513 7 751
> Id. desconh 37 19 119 32 12

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Relevo e hidrografia do concelho de Sesimbra

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Sesimbra.

As freguesias de Sesimbra são as seguintes:

Património[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Natural[editar | editar código-fonte]

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

Feriado municipal[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de Maio, feriado municipal, realizam-se as festas em Honra do Nosso Senhor Jesus das Chagas.

No ano de 1534, a segunda esposa de Henrique VIII, Ana Bolena, Rainha de Inglaterra, deu ordem para serem deitadas ao mar todas as imagens sagradas, devido às lutas religiosas tidas.

Julga-se que terá sido este o início da lenda e da crença no Senhor Jesus das Chagas. Mas o mar tem das suas, e a imagem de Jesus crucificado apareceu na praia de Sesimbra. O povo desde logo apadrinhou o Senhor Jesus das Chagas como padroeiro dos pescadores e do povo de Sesimbra. Esta devoção está bem viva há mais de 500 anos, e os sesimbrenses prestam assim homenagem ao seu protector todos os anos a 4 de Maio.

Outros[editar | editar código-fonte]

A 31 de Maio, comemora-se o Dia do Pescador. Este evento festivo prolonga-se por vários dias com diversas iniciativas. Para acompanhá-las consulte a página de informações da Câmara Municipal. Ver ainda o Monumento ao Pescador. E suas maneiras de se chamar são: Sesimbra, Cesimbra, Cezimbra, Sezimbra, Zimbra e Chesimbra.

Política[editar | editar código-fonte]

Eleições autárquicas[editar | editar código-fonte]

Data % V % V % V % V % V
APU/CDU PS PPD/PSD AD PSD-CDS
1976 43,26 4 36,26 3 6,34 -
1979 62,30 5 14,45 1 AD 19,43 1
1982 56,70 5 20,45 1 18,31 1
1985 54,94 4 41,15 3
1989 45,08 4 27,21 2 16,00 1
1993 39,99 3 37,39 3 16,27 1
1997 27,72 2 45,18 4 21,26 1
2001 28,34 2 40,90 3 PSD-CDS 25,39 2
2005 33,02 3 32,41 3 17,49 1
2009 51,81 5 19,49 1 10,37 1
2013 41,84 4 21,91 2 PSD-CDS 9,75 1
2017 41,62 4 27,71 2 10,17 1

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data %
PS PCP PPD/PSD CDS-PP UDP APU/CDU AD FRS PRD PSN BE PAN PàF CH
1976 38,57 33,76 8,71 6,11 1,87
1979 22,68 APU AD AD 2,45 41,68 23,93
1980 FRS 1,65 38,95 25,80 25,36
1983 33,70 12,40 6,70 1,09 40,40
1985 19,98 15,98 4,45 1,69 32,81 19,94
1987 18,81 CDU 35,99 2,33 0,88 26,23 7,28
1991 27,88 40,33 3,22 18,37 0,96 2,64
1995 46,91 21,04 8,07 0,70 17,43 0,22
1999 47,14 21,02 6,09 18,07 0,28 2,87
2002 38,94 28,72 8,25 15,24 4,47
2005 44,20 18,50 5,63 15,53 10,44
2009 33,59 18,04 9,84 16,80 14,69
2011 25,87 27,22 13,08 16,26 7,26 1,81
2015 32,01 PàF PàF 15,56 14,17 2,37 25,85
2019 38,48 14,86 3,23 13,34 12,18 4,80 2,70

Personalidades ilustres[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

O município de Sesimbra está confinado a uma rede de cuidados de saúde primário muito local, não tendo nenhuma superfície de maior área de revelância na saúde pública dos seus habitantes. Os hospitais mais próximos são o Hospital Ortopédico Sant'Iago do Outão, do Centro Hospitalar de Setúbal, o Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, do Centro Hospitalar Barreiro Montijo e o Hospital Garcia da Horta, em Almada.

O município de Sesimbra pertence ao Agrupamente de Centros de Saúde (ACES) da Arrábida, que abrange tambem os municípios de Setúbal e Palmela.

Cuidados de Saúde Primários[editar | editar código-fonte]

Dentro deste ACES, o município é abrangido por uma Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC), uma Unidade de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP), 2 Unidades de Cuidado de Saúde Personalizados (UCSP) e 2 Unidades de Saúde Familiar (USF).

Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC)[editar | editar código-fonte]

A Unidade de Cuidados na Comunidade (UCC) presta cuidados de saúde e apoio psicológico e social de âmbito domiciliário e comunitário, essencialmente a pessoas, famílias e grupos mais vulneráveis em situação de maior risco ou dependência física e funcional ou doença que requeira acompanhamento próximo, e actua na educação para a saúde, na integração em redes de apoio à família e na implementação de unidades móveis de intervenção.[11]

UCC Sesimbra

  • Atendimento / Consultas ao domicílio;
  • Atividades de promoção da saúde em contexto comunitário;
  • Participação e integração de equipas/núcleos de âmbito comunitário;
  • Intervenções com pessoas, famílias e grupos com maior vulnerabilidade;
  • Intervenção em programas no âmbito da proteção e promoção de saúde e prevenção da doença na comunidade;
  • Projetos de promoção de estilos de vida saudáveis para a população ao longo do ciclo de vida;
  • Intervenção integrada com indivíduos dependentes e famílias/cuidadores no âmbito da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

Unidades de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP)[editar | editar código-fonte]

As Unidades de Recursos Assistenciais Partilhados (URAP) têm como missão a melhoria da saúde e bem-estar de toda a população da área geodemográfica e cultural do ACES/ULS em que se inserem, promovendo o alinhamento dos esforços sustentados do setor da saúde e da restante sociedade, na proteção e promoção da saúde (incluindo a literacia em saúde), na prevenção da doença e incapacidade, no desenvolvimento de políticas saudáveis e da cidadania em saúde.[12]

URAP Sesimbra

  • Avaliação dos fatores psicossociais de pessoas, grupos e comunidade com especial atenção a grupos e situações identificadas como de risco e vulnerabilidade;
  • Avaliação dos fatores psicossociais envolvidos no tratamento da doença e reabilitação;
  • Participação em programas de prevenção e promoção da saúde de intervenção comunitária;
  • Atendimento Social / Avaliação social no domicílio;
  • Serviços de Psicologia;
  • Consultas de Cessação Tabágica;
  • Serviço de Higiene Oral;
  • Serviço de Fisioterapia.

Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados (UCSP)[editar | editar código-fonte]

A Unidade de Cuidados Saúde Personalizados (UCSP) tem uma estrutura idêntica à prevista para as Unidades de Saúde Familiar e presta cuidados personalizados aos utentes, garantindo a acessibilidade, a continuidade e a globalidade dos mesmos.[13] A UCSP de Sesimbra está localizada no mesmo pólo do Centro de Saúde de Sesimbra

UCSP Quinta do Conde

  • Medicina Geral e Familiar / Enfermagem;
  • Vacinação de crianças;
  • Vacinação de adultos;
  • Pensos;
  • Injetáveis;
  • Remoção de pontos;
  • Domicílios de enfermagem.

UCSP Sesimbra

  • Medicina Geral e Familiar;
  • Planeamento Familiar;
  • Saúde Materna;
  • Saúde Infantil;
  • Consulta Diabetes;
  • Vacinação crianças e adultos;
  • Pensos;
  • Injetáveis;
  • Domicílios de enfermagem;
  • Prestação de cuidados na doença aguda.

Unidades de Saúde Familiar (USF)[editar | editar código-fonte]

As Unidades de Saúde Familiar (USF) são pequenas unidades operativas dos Centros de Saúde com autonomia funcional e técnica, que contratualizam objetivos de acessibilidade, adequação, efetividade, eficiência e qualidade, e que garantem aos cidadãos inscritos uma carteira básica de serviços.[14]

USF Castelo

  • Medicina Geral e Familiar / Enfermagem;
  • Consulta Diabetes;
  • Planeamento Familiar;
  • Saúde Materna;
  • Saúde Infantil;
  • Vacinação;
  • Atendimento de situações agudas;
  • Tratamentos com marcação;
  • Domicílios de enfermagem;
  • Distribuição de metadona.

USF Conde Saúde

  • Medicina geral e familiar;
  • Rastreio de cancro colo-rectal, do útero e da mama;
  • Consulta Hipertensão Arterial;
  • Consulta Diabetes;
  • Planeamento Familiar;
  • Saúde Materna;
  • Saúde Infantil-Juvenil;
  • Vacinação crianças;
  • Vacinação adultos;
  • Preparação para o parto;
  • Pensos;
  • Injetáveis;
  • Domicílios de enfermagem;
  • Distribuição de Metadona.

Cuidados Continuados Integrados (RNCCI)[editar | editar código-fonte]

A Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) é constituída por um conjunto de instituições, publicas ou privadas, que prestam cuidados continuados de saúde e de apoio social a pessoas em situação de dependência, tanto na sua residência, como em unidades de internamento da RNCCI.[15] O município de Sesimbra contém uma Equipa de Cuidados Continuados Integrados (ECCI) no Pólo do Centro de Saúde de Sesimbra.

Equipas Domiciliárias de Cuidades Continuados Integrados (ECCI)[editar | editar código-fonte]

Prestadores de Cuidados Convencionais[editar | editar código-fonte]

Quinta do Conde[editar | editar código-fonte]

Santiago (Sesimbra)[editar | editar código-fonte]

Saúde privada[editar | editar código-fonte]

No sector privado, existe uma ampla oferta de empresas, que prestam cuidados de saúde.

Farmácias[editar | editar código-fonte]

O município de Sesimbra dispõe ao serviço da sua população um conjunto de 8 farmácias, das quais 3 se localizam na Quinta do Conde e efectuam serviços permanentes. As restantes prestam serviços de disponibilidade.

Quinta do Conde[editar | editar código-fonte]

Castelo (Sesimbra)[editar | editar código-fonte]

Santiago (Sesimbra)[editar | editar código-fonte]

Educação[editar | editar código-fonte]

No município de Sesimbra existem, por tipologia de estabelecimento de ensino:

  • Jardins de Infância - 3
  • Escolas Básicas - 14
  • Escolas Básicas e Jardim de Infância - 2
  • Escolas Básicas e Secundárias - 2
  • Escolas Profissionais - 1
  • Colégios Privados (1º ciclo) - 1

Número de alunos matriculados no município (Ano Letivo 2017/2018)[16][editar | editar código-fonte]

O número total de alunos matrículados no município de Sesimbra, de toda a tipologia de escolas no concelho, é:

  • 1º ciclo - 2188
  • 2º ciclo - 1204
  • 3º ciclo - 1877
  • Ensino Secundário - 1348

Agrupamentos de Escolas[editar | editar código-fonte]

No Concelho de Sesimbra existem cinco agrupamentos de escolas. Os agrupamentos mais a norte do município correspondem à área administrativa da freguesia da Quinta do Conde, existindo neste território três agrupamentos.

Quinta do Conde[editar | editar código-fonte]

Agrupamento de Escolas Michel Giacometti[editar | editar código-fonte]
  • Escola Básica e Secundária Michel Giacometti;
  • Escola Básica Nº 3 da Quinta do Conde;
  • Jardim de Infância da Quinta do Conde.
Agrupamento de Escolas da Quinta do Conde[editar | editar código-fonte]
  • Escola Básica Integrada da Quinta do Conde;
  • Escola Básica do Casal do Sapo/Fontaínhas.
Agrupamento de Escolas da Boa Água[editar | editar código-fonte]
  • Jardim de Infância do Pinhal do General;
  • Escola Básica Nº 2 da Quinta do Conde;
  • Escola Básica Integrada da Boa Água;
  • Escola Básica do Pinhal do General.

Castelo (Sesimbra)[editar | editar código-fonte]

Agrupamento de Escolas de Sampaio[editar | editar código-fonte]
  • Escola Secundária de Sampaio;
  • Escola Básica da Cotovia;
  • Escola Básica do Castelo;
  • Escola Básica do Zambujal.

Castelo (Sesimbra) + Santiago (Sesimbra)[editar | editar código-fonte]

Agrupamento de Escolas Navegador Rodrigues Soromenho[editar | editar código-fonte]
  • Escola Básica 2+3 Navegador Rodrigues Soromenho;
  • Escola Básica de Sesimbra;
  • Jardim de Infância de Alfarim;
  • Escola Básica da Aiana;
  • Escola Básica da Aldeia do Meco;
  • Escola Básica da Azóia.

Outras Escolas[editar | editar código-fonte]

  • Colégio Educa a Brincar;
  • Escola Profissional Agostinho Roseta.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • ALMEIDA, Andreia da Silva. A Indústria Conserveira de Sesimbra (1933-1945): Memórias da Indústria Conserveira Portuguesa. Novas Edições Académicas, 2015 ISBN 978-3-8417-0973-8
  • CRUZ, Maria Alfreda. Pesca e Pescadores em Sesimbra. Lisboa, 1966.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sesimbra

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. INE (2013). Anuário Estatístico da Região Lisboa 2012 (PDF). Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 26. ISBN 978-989-25-0216-8. ISSN 0872-8984. Consultado em 29 de novembro de 2014 
  2. a b c INE (2012). Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Lisboa (PDF). Lisboa: Instituto Nacional de Estatística. p. 99. ISBN 978-989-25-0185-7. ISSN 0872-6493. Consultado em 15 de abril de 2014 
  3. Instituto Geográfico Português (2013). «Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013». Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consultado em 28 de novembro de 2013. Arquivado do original (XLS-ZIP) em 9 de dezembro de 2013 
  4. INE (2012). «Quadros de apuramento por freguesia» (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_LISBOA". Instituto Nacional de Estatística. Consultado em 27 de julho de 2013 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. «Sesimbra». RTP 
  7. José Mattoso; Raquel Soeiro de Brito (1992). História de Portugal. [S.l.]: Círculo de Leitores. ISBN 978-972-42-0586-1. Consultado em 29 de novembro de 2012 
  8. Sobre a evolução da indústria conserveira em Sesimbra durante a fase inicial do Estado Novo, cf. ALMEIDA, Andreia da Silva. A Indústria Conserveira de Sesimbra (1933-1945): Memórias da Indústria Conserveira Portuguesa. Novas Edições Académicas, 2015 ISBN 978-3-8417-0973-8
  9. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  10. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
  11. «Unidades Cuidados na Comunidade». Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. Consultado em 19 de março de 2020 
  12. «Coordenação Nacional para a Reforma do SNS na Área dos Cuidados de Saúde Primários - GT-URAP» (PDF). Gabinete do Secretário de Estado Adjunto da Saúde – Ministério da Saúde – GT para a Contratualização das URAP. Setembro de 2017. Consultado em 19 de março de 2020  line feed character character in |titulo= at position 46 (ajuda)
  13. «Unidades de Cuidados de Saúde Personalizados». Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. Consultado em 19 de março de 2020 
  14. «Utentes». Unidades de Saúde Familiar - Associação Nacional. Consultado em 19 de março de 2020 
  15. «Cuidados Continuados Integrados». Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, I.P. Consultado em 20 de março de 2020 
  16. «Info ESCOLAS - Estatísticas do Ensino Básico e Secundário». República Portuguesa. Consultado em 20 de março de 2020 
Concelhos do Distrito de Setúbal Mapa do distrito de Setúbal
Alcácer do Sal
Alcochete
Almada
Barreiro
Grândola
Moita
Montijo
Palmela
Santiago do Cacém
Seixal
Sesimbra
Setúbal
Sines
Alcácer do Sal
Alcochete
Almada
Barreiro
Grândola
Moita
Montijo
Palmela
Santiago do Cacém
Seixal
Sesimbra
Setúbal
Sines