Sesimbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sesimbra
Brasão de Sesimbra Bandeira de Sesimbra
Brasão Bandeira
Sesimbra vista geral.JPG
Sesimbra vista geral
Localização de Sesimbra
Gentílico Sesimbrense
Área 195,47 km2
População 49 500 hab. (2011)
Densidade populacional 253,24 hab./km2
N.º de freguesias 3
Presidente da
Câmara Municipal
Augusto Pólvora (PCP)
Fundação do município
(ou foral)
1201
Região (NUTS II) Lisboa
Sub-região (NUTS III) Península de Setúbal
Distrito Setúbal
Antiga província Estremadura
Orago Nossa Senhora da Consolação e Santiago
Feriado municipal 4 de Maio (Nosso Senhor Jesus das Chagas)
Código postal 2970
Sítio oficial www.cm-sesimbra.pt
Municípios de Portugal Flag of Portugal.svg

Sesimbra é uma Vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal, região da Estremadura e sub-região da Península de Setúbal, com cerca de 5 600 habitantes (2011).[1] [2] Encontre na sub-região de Área Metropolitana de Lisboa.

É sede de um município com 195,47 km² de área[3] e 49 500 habitantes (2011),[2] [4] subdividido em 3 freguesias.[5] O município é limitado a norte pelos municípios de Almada e do Seixal, a nordeste pelo Barreiro, a leste por Setúbal e a sul e a oeste tem litoral no oceano Atlântico.

A foz do rio Sado, a serra da Arrábida,o cabo Espichel, a lagoa de Albufeira e a praia do Meco fazem parte da paisagem natural de Sesimbra[6] .

A terceira freguesia do município, Quinta do Conde, tem igualmente o estatuto de vila, sendo inclusivamente mais populosa do que a sede do concelho.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Existem vestígios da presença humana em Sesimbra desde o período do calcolítico (3000 a.C.). Na Idade do Ferro (VIII-II) foi habitada pelos cempsos que estão na origem do nome da vila[7] .

Em 15 de Agosto de 1201 foi concedido aos habitantes de Sesimbra a Carta de Foral, documento régio de D. Sancho I de Portugal que aplica os direitos e deveres.

Foi no reinado de D. Dinis, sexto rei de Portugal, que se criou a Póvoa de Ribeira de Sesimbra, pequena aldeia de pescadores, junto ao mar.

A aldeia cresceu muito e tornou-se vila à época dos Descobrimentos.

Sesimbra passou a ser um importante porto de construção naval e de abastecimentos de embarcações.

População[editar | editar código-fonte]

Número de habitantes [8]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
5 749 6 801 8 340 9 047 10 620 11 472 13 276 13 282 14 947 16 837 16 650 23 103 27 246 37 567 49 500

(Obs.: Número de habitantes "residentes", ou seja, que tinham a residência oficial neste concelho à data em que os censos se realizaram.)

Número de habitantes por Grupo Etário [9]
1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
0-14 Anos 3 308 3 932 4 077 4 884 4 311 4 107 4 545 4 185 5 517 5 073 6 229 8 615
15-24 Anos 1 537 1 944 2 215 2 495 2 481 2 893 2 699 2 645 3 487 4 186 5 001 5 042
25-64 Anos 3 776 4 266 4 625 5 402 5 703 6 974 8 451 8 315 11 793 14 445 20 824 28 092
= ou > 65 Anos 394 511 496 549 658 858 1 142 1 505 2 306 3 542 5 513 7 751
> Id. desconh 37 19 119 32 12

(Obs: De 1900 a 1950 os dados referem-se à população "de facto", ou seja, que estava presente no concelho à data em que os censos se realizaram. Daí que se registem algumas diferenças relativamente à designada população residente)

Freguesias[editar | editar código-fonte]

Freguesias do concelho de Sesimbra.

As freguesias de Sesimbra são as seguintes:

Património[editar | editar código-fonte]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Natural[editar | editar código-fonte]

  • Gruta do Zambujal

Festas e romarias[editar | editar código-fonte]

Feriado municipal[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de Maio, feriado municipal, realizam-se as festas em Honra do Nosso Senhor Jesus das Chagas.

No ano de 1534, a segunda esposa de Henrique VIII, Ana Bolena, Rainha de Inglaterra, deu ordem para serem deitadas ao mar todas as imagens sagradas, devido às lutas religiosas tidas.

Julga-se que terá sido este o início da lenda e da crença no Senhor Jesus das Chagas. Mas o mar tem das suas, e a imagem de Jesus crucificado apareceu na praia de Sesimbra.

O povo desde logo apadrinhou o Senhor Jesus das Chagas como padroeiro dos pescadores e do povo de Sesimbra.

Esta devoção está bem viva há mais de 500 anos, e os sesimbrenses prestam assim homenagem ao seu protector todos os anos a 4 de Maio.

Outros[editar | editar código-fonte]

A 31 de Maio, comemora-se o Dia do Pescador. Este evento festivo prolonga-se por vários dias com diversas iniciativas. Para acompanhá-las consulte a página de informações da Câmara Municipal. Ver ainda o Monumento ao Pescador. E suas maneiras de se chamar são: Sesimbra, Cesimbra, Cezimbra, Sezimbra, Zimbra e Chesimbra.

Personalidades Ilustres[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Centos de saúde - (Estado)

  • SAP Sesimbra
  • Unidade de saúde familiar do Castelo
  • Extensão de saúde da Quinta do Conde

Saúde privada

  • No sector privado, existe uma ampla oferta de empresas, que prestam cuidados de saúde.

Farmácias

  • O concelho de Sesimbra tem 8 (oito) farmácias. Três localizam-se na Quinta do Conde e efectuam serviços permanentes.

As restantes prestam serviços de disponibilidade e encontram-se: Sesimbra (duas), na Cotovia (uma), em Santana (uma) e por último, em Alfarim (uma).

A informação de saúde acima referida, tem por fonte a Janela da Saúde

Ver também[editar | editar código-fonte]

Imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Sesimbra

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. INE. Anuário Estatístico da Região Lisboa 2012. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, 2013. p. 26. ISBN 978-989-25-0216-8 ISSN 0872-8984 Página visitada em 29/11/2014.
  2. a b c INE. Censos 2011 Resultados Definitivos – Região Lisboa. Lisboa: Instituto Nacional de Estatística, 2012. p. 99. ISBN 978-989-25-0185-7 ISSN 0872-6493 Página visitada em 15/04/2014.
  3. Instituto Geográfico Português (2013). "Áreas das freguesias, municípios e distritos/ilhas da CAOP 2013" (XLS-ZIP). Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013. Direção-Geral do Território. Consult. 28/11/2013. 
  4. INE (2012). "Quadros de apuramento por freguesia" (XLSX-ZIP). Censos 2011 (resultados definitivos). Tabelas anexas à publicação oficial; informação no separador "Q101_LISBOA". Instituto Nacional de Estatística. Consult. 27/07/2013. 
  5. Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro: Reorganização administrativa do território das freguesias. Anexo I. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Suplemento, de 28/01/2013.
  6. "Sesimbra". RTP. 
  7. José Mattoso; Raquel Soeiro de Brito (1992). História de Portugal Círculo de Leitores [S.l.] ISBN 978-972-42-0586-1. Consult. 29 November 2012. 
  8. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  9. INE - http://censos.ine.pt/xportal/xmain?xpid=CENSOS&xpgid=censos_quadros
Concelhos do Distrito de Setúbal Mapa do distrito de Setúbal
Alcácer do Sal
Alcochete
Almada
Barreiro
Grândola
Moita
Montijo
Palmela
Santiago do Cacém
Seixal
Sesimbra
Setúbal
Sines
Alcácer do Sal
Alcochete
Almada
Barreiro
Grândola
Moita
Montijo
Palmela
Santiago do Cacém
Seixal
Sesimbra
Setúbal
Sines