Gabriel del Barco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gabriel del Barco
Nascimento 1649
Sigüenza
Cidadania Espanha
Ocupação pintor

Gabriel del Barco (Siguença 1649 - Lisboa (?), após 1701) foi um pintor de tectos e azulejista espanhol que desenvolveu a sua atividade artística em Portugal.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Gabriel del Barco veio para Portugal após o termo da Guerra da Restauração, em janeiro de 1669.[1]

Em julho do mesmo ano casa com Agostinha das Neves, cunhada do pintor Marcos da Cruz. Tendo enviuvado em 18 de janeiro de 1701 casa de novo, em 18 de abril do mesmo ano, com Maria Teresa Batista.[1]

Gabriel del Barco começa a sua atividade artística em Portugal na decoração de tetos.[nota 1][1][2]

A sua atividade como pintor de azulejos tem início cerca de 1690 e sofre, naturalmente, uma influência significativa da sua experiência artística anterior.[2]

Gabriel del Barco é considerado o precursor do Ciclo dos Mestres na produção azulejar portuguesa.[2]


Obra[editar | editar código-fonte]

Obra assinada[editar | editar código-fonte]

Obra atribuída[editar | editar código-fonte]

Obra atribuída com reservas[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Notas

  1. É-lhe atribuída a autoria da pintura do teto da Sacristia da Igreja das Flamengas, em Lisboa

Referências

  1. a b c d Cf. SIMÕES, J. M. dos Santos. A azulejaria em Portugal no século XVIII. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1979, pp. 19-25.
  2. a b c Cf. MECO, José. «Azulejos de Gabriel del Barco na região de Lisboa : período inicial, até 1691 : pintura de tetos», in Boletim Cultural da Assembleia Distrital de Lisboa, III série, n.º 85, s.l., 1979, pp. 69–124.
  3. LAMEIRA, Francisco; SERRÃO, Vítor; FALCÃO, José António. A Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres em Beja: Arte e História de um Espaço Barroco (1672-1698). Lisboa, Aletheia, 2007. ISBN 9789896221218
  4. Ver [1][ligação inativa] (consultado em 30 de Janeiro de 2010)
  5. Visita virtual (consultado em 30 de Janeiro de 2010)