Gaiteiros de Lisboa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gaiteiros de Lisboa
Informação geral
Origem Coimbra
País Portugal Portugal
Gênero(s) Música Tradicional Portuguesa
Período em atividade 1991 — actualmente
Gravadora(s) Farol Música
Aduf Edições
Sony BMG
Uguru
Integrantes Carlos Guerreiro
Paulo Tato Marinho http://paulotatomarinho.pt/pt/
Sebastião Antunes
Miguel Quitério
Paulo Charneca
Miguel Veríssimo
Página oficial gaiteirosdelisboa.pt

Gaiteiros de Lisboa é uma banda portuguesa criada em 1991 com vários CD editados e com actuações em toda a Península Ibérica, desde a sua estreia ao vivo a 21 de Março de 1994. [1]

Estreiam-se em 1995 com o disco Invasões Bárbaras lançado pela Farol Música. Em 1997 é editado o disco Bocas do Inferno.

"Sátiro" é editado em 2006. Depois fizeram parte da selecção oficial da WOMEX em 2007 e percorreram vários dentro e fora de Portugal.

Em 2012, os Gaiteiros de Lisboa apresentam o seu quinto álbum Avis Rara, lançado pela d'Eurídice, braço editorial da d'Orfeu Associação Cultural. Tornam-se também no primeiro projecto nacional a participar no festival Festim.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Ano Álbum Editora
1995 Invasões Bárbaras Farol Música
1997 Bocas do Inferno Farol Música
2000 Dança Chamas Farol Música
2002 Macaréu Aduf Edições
2006 Sátiro Adufmúsica/Sony
2012 Avis Rara D'Eurídice
2017 A História Uguru
2019 Bestiário Uguru

Prémios[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Gaiteiros de Lisboa | Arquivo José Mário Branco». arquivojosemariobranco.fcsh.unl.pt. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  2. «António Zambujo vence 31.ª Edição do Prémio José Afonso (PJA) com o álbum "Do Avesso"». www.cm-amadora.pt. Consultado em 5 de agosto de 2022