Gare Saint-Lazare

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Paris-Saint-Lazare
Gare Saint-Lazare
Uso atual Estação ferroviária
Estação de metropolitano
Localização 13, rue d'Amsterdam
75008, Paris, França
Linhas Metroviárias
Metrô de Paris 3 9 12 13 14
Ferroviárias
RER E
Transilien J/L, grandes lignes, TER Haute-Normandie
Administração RFF/SNCF
Inauguração 24 de agosto de 1837 (176 anos)

Gare Saint-Lazare, é um dos seis terminais ferroviários de Paris. Ela está situada no 8e arrondissement.

Primeira estação edificada em Île-de-France desde 1837 e afetada principalmente depois do trem de subúrbio, é a segunda estação mais movimentada de Paris. Transporta 100 milhões de usuários por ano. Ela perdeu o primeiro lugar depois da abertura da Linha A do RER, que retirou boa parte do tráfego proveniente do subúrbio oeste. Ela serve igualmente a Normandia.

História[editar | editar código-fonte]

A Gare Saint-Lazare foi criada em 1837 com a abertura da Linha Paris - Saint-Germain-en-Laye ou Ligne Paris - Saint-Germain-en-Laye. Nesta época a estação se chamava « Embarcadére des Batignolles » e se localizava um pouco antes da moderna estação.

Em 1841, uma segunda estação foi criada no local da moderna estação. O projeto é do arquiteto Alfred Armand.

A terceira estação foi construída pelo arquiteto Alfred Armand e o engenheiro Eugène Flachat no local moderno, rue Saint-Lazare, de onde vem o nome. Foi construída em um longo período de 1842 à 1853[1] .

As diferentes zonas direcionais em função da estação de origem, a da gare Saint Lazare está ao centro.
A ala de Saint-Lazare por Claude Monet.

Em 1867, a gare Saint-Lazare iniciou as extensões para a quarta estação, inaugurada em 2 de junho, à ocasião da exposição universal, por Napoleão III. O tunnel de l'Europe foi suprimido e trocado por uma ponte metálica reconstruída mais tarde em 1931[1] .

De 1885 à 1889, um importante engrandecimento deu à gare Saint-Lazare sua fisionomia moderna. Os trabalhos são do arquiteto Juste Lisch. Restaurada em 1936, a gare apresenta, frente o cour de Rome, sua bela escada dupla junta a uma escada rolante. Em 1907, um projeto de estação subterrânea dedicada aos trens de subúrbio é estudada, mas não é feita.

Em 1972, a linha de Saint-Germain-en-Laye, integrada à Linha A do RER é transferida à RATP e aberta a nova estação Auber no bairro de l'Opéra, situada à 500 metros.

A gare Saint-Lazare é disposta de 27 vias e testá em correspondência com muitas linhas de transporte urbano (metrô, ônibus e RER).

A gare Saint-Lazare se conectou com a Linha E do RER a partir de 2000.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Pierre Bouchez, De Paris St-Lazare à Versailles et St-Nom la Bretèche (1839-2007), Éd. La Vie du Rail, p. 50