Gentil Braga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gentil Braga
Nascimento 1834
São Luís
Morte 1876 (42 anos)
Cidadania Brasil
Ocupação escritor, poeta

Gentil Homem de Almeida Braga ou Flávio Reimar(pseudônimo ) (São Luís, 1834 — ?, 1876) foi um jurista, poeta e escritor brasileiro. É um dos patronos da Academia Maranhense de Letras[1].


Biografia[editar | editar código-fonte]

Trabalhou com folhetins o que o tornou bastante popular. Entre eles destaca-se o poema conhecido como Clara Verbana. Residiu no Palacete Gentil Braga.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Sonidos - livro de poemas.
  • Entre o Céu e a Terra - folhetim.
  • A Casca da Caneleira: (steeplechase) romance por uma boa dúzia de Esperanças[2].

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um escritor do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.