Gerry Rafferty

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gerry Rafferty
Gerry Rafferty em 1980.
Informação geral
Nome completo Gerald Rafferty
Nascimento 16 de abril de 1947
Origem Paisley
País Escócia
Morte 4 de janeiro de 2011 (63 anos)
Gênero(s) Rock, pop, folk rock, soft rock, blues rock
Instrumento(s) Saxofone, guitarra, piano, baixo
Modelos de instrumentos Fender Mustang Bass, Fender Telecaster, Gibson Dove, Gibson Everly Brothers Flattop, Gibson J-160E,

Gibson L-5, Martin D-45, Ovation Guitar, Gibson Les Paul

Período em atividade 1966–2000, 2009–2010
Outras ocupações Compositor e produtor musical
Gravadora(s) Transatlantic, United Artists, Liberty, London, Avalanche Records, Hypertension
Afiliação(ões) The Humblebums, Stealers Wheel, Joe Egan

Gerald "Gerry" Rafferty (Paisley, 16 de abril de 1947 - Bournemouth, 4 de janeiro de 2011) foi um cantor, compositor e músico escocês.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Foxbar, local onde Rafferty cresceu.

Nascido na Escócia em 16 de abril de 1947 em uma família de classe trabalhadora, Rafferty cresceu em uma casa do conselho na propriedade da cidade de Foxbar e foi educado na Academia de St Mirin. Seu pai, nascido na Irlanda, era um alcoólatra violento que trabalhava como mineiro e motorista de caminhão que morreu quando Rafferty tinha 16 anos. Rafferty aprendeu canções irlandesas e escocesas do folk como um menino. Ele lembrou: "Meu pai era irlandês, então crescendo em Paisley, eu estava ouvindo todas essas canções quando eu tinha dois ou três músicas como" She Moves Through the Fair", que minha mãe canta maravilhosamente. Canções e canções tradicionais escocesas". Foi fortemente influenciado por canções irlandesas e escocesas do folk e pela música dos Beatles e Bob Dylan, ensinados por sua mãe.

Em 1965, Rafferty, então com 18 anos, conheceu Carla Ventilla, uma adolescente de 15 anos que era aprendiz de cabeleireiro de uma família italiana em Clydebank em um dancehall (uma história que mais tarde seria contada na canção "Shipyard Town", do álbum North and South de 1988). Eles se casaram em 1970 e viveram na Escócia com sua filha, Martha Mary, antes de se mudar para o sul da Inglaterra no final dos anos 1970, onde dividiram seu tempo entre sua fazenda perto da fronteira em Kent-Sussex e uma casa em Londres. Os longos trajetos de Rafferty de Londres para a Escócia inspiraram algumas canções no álbum City to City (incluindo a faixa-título e "Mattie's Rag", que contou seu prazer em se reunir com sua filha), enquanto o sul mais tarde inspirado "The Garden of England" (Do álbum Snakes and Ladders) e algumas músicas no North and South. Rafferty e Ventilla se divorciariam em 1990 (fato citado no álbum "On a Wing and a Prayer", de 1992).

Após a conclusão e lançamento do álbum Another World, em 2000, Rafferty planejava voltar para a Escócia e comprou uma Eaglestone House, "uma mansão substancial listada de 1860" na aldeia Highland de Strathpeffer, embora ele vendeu a propriedade dois anos mais tarde e nunca realmente se mudou para a mesma. Em 2008, Rafferty foi hospitalizado por problemas no fígado, mas depois desapareceu de forma misteriosa. O cantor só seria notícia novamente em 2011, quando morreu aos 63 anos vitimado por uma insuficiência hepática causada por alcoolismo. Ele estava acompanhado por sua filha Martha no momento de seu falecimento, em sua casa.[1][2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Baker Street, local que serviu de inspiração para o principal sucesso da carreira de Rafferty, lançado em 1978.

Ele começou sua carreira como músico de rua e seu primeiro grupo foi o Humblebums, que em seguida, lançou um álbum solo. Em 1972 formou um novo grupo, o Stealers Wheel, ao lado de Joe Egan e em 1975, o grupo se desfez.

A canção mais conhecida dele é "Baker Street, incluído no disco "City to city", datado de 1978. Outra música conhecida é Stuck In The Middle With You, composta por Rafferty para o Stealers Wheel, e que fez parte da trilha sonora do filme de Quentin Tarantino, Cães de Aluguel.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Desde 1971, quando se lançou em carreira solo, Rafferty lançou nove discos inéditos, além de duas parcerias musicais.

Álbuns inéditos[editar | editar código-fonte]

  • 1971 - Can I Have My Money Back
  • 1978 - City to City
  • 1979 - Night Owl
  • 1980 - Snakes and Ladders
  • 1982 - Sleepwalking
  • 1988 - North and South
  • 1992 - On a Wing and a Prayer
  • 1994 - Over My Head
  • 2000 - Another World

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • 1974 - Gerry Rafferty (Rafferty's 1969 & 1970 Humblebums recordings – plus one 1971 solo track)
  • 1984 - First Chapter
  • 1989 - Right Down the Line: The Best of Gerry Rafferty
  • 1995 - One More Dream: The Very Best of Gerry Rafferty
  • 1998 - Baker Street
  • 2006 - Days Gone Down: The Anthology: 1970–1982
  • 2009 - Life Goes On
  • 2011 - Gerry Rafferty & Stealers Wheel: Collected

Como convidado ou músico de apoio[editar | editar código-fonte]

Singles[editar | editar código-fonte]

Year Single Chart Positions Album
US US
AC
UK AUS
1971 "Can I Have My Money Back?" Can I Have My Money Back?
1977 "City To City" 87 City to City
1978 "Baker Street" 2 4 3 1
"Right Down The Line" 12 1 93
"Home and Dry" 28 26
"The Ark"
"Whatever's Written in Your Heart"
1979 "Night Owl" 5 64 Night Owl
"Days Gone Down" 17 17 87
"Get It Right Next Time" 21 15 30 90
1980 "Bring It All Home" 54 Snakes and Ladders
"Royal Mile (Sweet Darlin')" 54 67 52
1982 "Sleepwalking" Sleepwalking
1988 "Shipyard Town" North and South
1990 "Baker Street" (remix) 53

Outras canções notáveis[editar | editar código-fonte]

  • 1992 - Don't Speak of My Heart
  • 1992 - Don't Give Up on Me
  • 1994 - Over My Head
  • 1994 - Her Father Didn't Like Me Anyway

Referências

  1. «Morre cantor e compositor de 'Baker Street', Gerry Rafferty». terra.com.br. Consultado em 4 de janeiro de 2011 
  2. «'Missing' singer Rafferty is fine». bbc.co.uk. Consultado em 4 de janeiro de 2011