Cambará (árvore)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Gochnatia polymorpha)
Como ler uma infocaixa de taxonomiaCambará
Ribeirão Grande - Mapillary (PP5pdVYDpz nJEsofbaceg).jpg
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1) [1]
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Moquiniastrum
Espécie: M. polymorpha
Nome binomial
Moquiniastrum polymorpha
(Less.) G. Sancho
Sinónimos
Moquinia polymorpha Less.

Spadonia polymorpha Less.
Baccharis lessingiana DC.
Gochnatia polymorpha (Less.) Cabrera

O cambará (nome científico: Moquiniastrum polymorphum, antiga nomenclatura: Gochnatia polymorpha (Less.) Cabrera), também chamado candeia, é uma espécie arbórea pertencente à família botânica asteráceas [2]. Vive em terrenos abertos, com distribuição esparsa. Suas flores são agregadas em pequenos capítulos. Sua madeira, por resistir bem à água, nos tempos atuais é muito utilizada na confecção de telhados e coberturas de casas e prédios. Costuma também ser utilizada nas rodas d'água[3].

Deu origem ao nome de duas cidades brasileiras: Cambará do Sul e Cambará.

Distribuição[editar | editar código-fonte]

Nativa do Brasil (não endémica) ocorre no Cerrado, Mata Atlântica e Pampa nos estados da Bahia, Goiás, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina[4].

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Cambará" originou-se do tupi kama'rá[5].

ca-á, erva, e mbaitá, certa arara. Ou de cambá, negro, e , semejante [6]

Referências

  1. IUCN SSC Global Tree Specialist Group & Botanic Gardens Conservation International (BGCI) (2020). Moquiniastrum polymorphum (em inglês). IUCN 2020. Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN de 2020 Versão 3.1. doi:https://dx.doi.org/10.2305/IUCN.UK.2020-1.RLTS.T160417459A163031235.en Página visitada em 30 de abril de 2021.
  2. Sancho, G., Roque, N. 2010. Gochnatia in Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. (http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2010/FB005325).
  3. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. p.325
  4. «Flora do Brasil 2020». floradobrasil.jbrj.gov.br. Consultado em 30 de março de 2021 
  5. FERREIRA, A. B. H. Novo Dicionário da Língua Portuguesa. Segunda edição. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986. pp.325,324
  6. Jover Peralta, Anselmo. (1950). El Guaraní en la geografía de América. [A dictionary of Spanish words of Guaraní origin.]. [S.l.: s.n.] OCLC 560073597 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Cambará (árvore)