Grupo TAPA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Grupo TAPA
Cena de "Camaradagem", do grupo Tapa, eleito melhor espetáculo de 2006 pela APCA

O Grupo TAPA foi fundado em 1974 dentro da PUC-Rio, quando alunos de diversos cursos decidiram fazer teatro amador. À época, chamava-se Teatro Amador Produções Artísticas (T.A.P.A.). Quando o grupo se profissionalizou, em 1979, após um curso com o Teatro dos 4, e vários dos amadores decidiram seguir carreira profissional, o nome deixou de ser uma sigla – e se tornou apenas TAPA. Em 1986 o grupo transferiu-se para São Paulo, onde ocupou o Teatro da Aliança Francesa como sede permanente por 15 anos, até 2001.

O grupo se notabiliza pelo teatro de repertório e a montagem de clássicos: entre os autores encenados estão Shakespeare, Bernard Shaw, Anton Tchekhov, Tennessee Williams, August Strindberg, Oscar Wilde, Nicolau Maquiavel e Luigi Pirandello; e também grandes autores brasileiros, como Artur de Azevedo, Nelson Rodrigues e Jorge Andrade.

Com mais de 40 anos de atividade, o TAPA já recebeu mais de 80 prêmios, entre Shell, Mambembe, Molière, APCA, Qualidade Brasil e Governador do Estado. A sede fica, hoje, em um galpão na Barra Funda, onde são ministrados grupos de estudos para atores, promovendo pesquisa na área cênica.

Espetáculos Teatrais[editar | editar código-fonte]

  • Apenas um Conto de Fadas - 1979
  • Uma Peça por Outra - 1980
  • O Anel e a Rosa - 1981
  • Tempo Quente na Floresta Azul - 1982
  • Trágico Acidente Destronou Thereza - 1982
  • Pinocchio - 1984
  • Viúva, Porém Honesta - 1984
  • Casa de Orates - 1985
  • O Alienista - 1985
  • O Noviço - 1985
  • O Tempo e os Conways - 1985
  • Beto e Teça - 1985
  • Caiu o Ministério - 1986
  • A Verdadeira Vida de Jonas Wenka - 1986
  • Solness, o Construtor - 1988
  • A Mandrágora (Primeira Versão) - 1988
  • Nossa Cidade - 1989
  • Senhor de Porqueiral - 1989
  • As Raposas do Café - 1990
  • A Megera Domada - 1991
  • Sra. Klein - 1993
  • Querô, uma reportagem maldita - 1993
  • O Noviço (direção de Brian Penido Ross) - 1994
  • Vestido de Noiva - 1994
  • Morte e Vida Severina (direção de Silnei Siqueira) - 1995
  • Corpo a Corpo - 1995
  • A Casa de Orates (direção de Brian Penido Ross) - 1995
  • Do Fundo do Lago Escuro - 1997
  • Ivanov - 1998
  • Moço em Estado de Sítio - 1998
  • Navalha na Carne - 1999
  • A Serpente - 1999
  • O Telescópio (direção de Zécarlos Machado) - 1999
  • As Viúvas (direção de Sandra Corveloni) - 1999
  • A Importância de ser Fiel - 2001
  • Contos de Sedução - 2001
  • Os Órfãos de Jânio - 2001
  • Major Barbara - 2001
  • Os Executivos - 2003
  • A Mandrágora - de 2004 até 2021
  • Camaradagem - 2006
  • A Moratória - 2007
  • Amargo Siciliano - 2008
  • Retratos Falantes - 2008
  • O Ensaio - 2008
  • Cloaca - 2009
  • Valsa Nº 6 - 2010
  • 12 Homens e Uma Sentença - de 2010 até 2019
  • Mão na Luva - 2010
  • Vestir os Nus - 2010
  • Alguns Blues de Tennessee - de 2011 até 2012
  • Credores - de 2011 até 2012
  • Senhorita Júlia - 2013
  • Anti-Nelson Rodrigues - de 2014 até 2015
  • O Berro - 2014
  • Esplêndidos - 2015
  • As Criadas - de 2015 até 2019
  • Gata em Telhado de Zinco Quente - 2016
  • O Torniquete - de 2017 até 2019
  • Anatol - 2018
  • A Cantora Careca - de 2018 até 2019
  • O Jardim das Cerejeiras - 2019
  • O Encontro no Bar - de 2020 até 2021
  • As Portas da Noite - 2020
  • De Todas as Maneiras que Há de Amar - 2020
  • Brincando com Fogo - 2020
  • Cecé - 2020
  • A Penteadeira - de 2020 até 2021
  • Uma Aventura Parisiense - de 2020 até 2021
  • Diálogos com os Personagens - de 2020 até 2021
  • Vidas à Margem - 2021
  • O Urso - 2021
  • Despedida de Solteiro - 2021
  • A Brasiliense - 2021
  • Um Chá das Cinco - 2021
  • Sete Histórias (direção de Clara Carvalho) - 2021

Ligações externas[editar | editar código-fonte]