Haliaeetus leucocephalus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaÁguia-de-cabeça-branca
Uma águia-de-cabeça-branca (Haliaeetus leucocephalus).
Uma águia-de-cabeça-branca (Haliaeetus leucocephalus).
Estado de conservação
Espécie pouco preocupante
Pouco preocupante (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Aves
Ordem: Accipitriformes[1]

Falconiformes

Família: Accipitridae
Género: Haliaeetus
Espécie: H. leucocephalus
Nome binomial
Haliaeetus leucocephalus
(Linnaeus, 1766)
Distribuição geográfica
Distribution H. leucocephalus.png
Águia-de-cabeça-branca em voo.

A águia-de-cabeça-branca, águia-careca, águia-americana ou pigargo-americano (Haliaeetus leucocephalus) é uma águia nativa da América do Norte. Sua distribuição geográfica inclui a maioria do Canadá e Alasca, todos os Estados Unidos contíguos, e norte do México. Encontra-se perto de grandes corpos de águas abertas com abundância de alimento e árvores antigas para o nidificação.

A águia-careca é um predador oportunista que se alimenta principalmente de peixes, que mergulha sobrevoando a superfície da água e apanha com suas garras. Ele constrói o maior ninho de qualquer pássaro norte-americano e os maiores ninhos de árvores já registados para qualquer espécie animal, 1,1 metro de comprimento, 1,8 – 2,3 m de envergadura  das asas, e 3 – 6,3 kg de peso e velocidade de 120 – 160 km/h (mergulho).[2] A maturidade sexual é atingida na idade de quatro a cinco anos.

Águias-carecas não são realmente carecas: o nome deriva de um significado mais antigo da expressão "cabeça branca". O adulto é principalmente marrom com uma cabeça e uma cauda brancas. Os sexos são idênticos na plumagem, mas as fêmeas são cerca de vinte e cinco por cento maiores do que os machos. O bico é grande e enganchado. A plumagem do imaturo é marrom.

A águia-careca é o símbolo nacional dos Estados Unidos da América, sendo tanto o pássaro quanto o animal nacional e aparecendo, inclusive, em seu selo. No final do século 20 estava à beira da extinção ao longo dos Estados Unidos. As populações já se recuperaram e a espécie foi removida da lista de espécies ameaçadas de extinção pelo governo dos EUA em 12 de julho de 1995 e transferida para a lista de espécies ameaçadas. Foi removido da Lista de Animais Selvagens Ameaçados e Ameaçados nos quarenta e oito estados mais baixos em 28 de junho de 2007.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Adulto e filhote

Características[editar | editar código-fonte]

Ficheiro:Adler jagt.jpg
Águia-americana
Haliaeetus leucocephalus

Seu comprimento está em torno de 1,1 m a 1,9 m e a envergadura varia entre 1,9 m a 2,50 m. Suas asas são quadrangulares, com as extremidades penteoladas. Seu pio é cacarejado, chiado e áspero.

Plumagem[editar | editar código-fonte]

A águia-americana adulta é facilmente reconhecida pela cabeça, pescoço e cauda brancos. As águias mais novas têm a cabeça e a cauda marrons ou castanhos. A plumagem branca só aparece quando a águia tem mais ou menos cinco anos de idade.

Bico[editar | editar código-fonte]

Como outras aves de rapina, possui um bico grande, curvo e afiado (geralmente amarelo), que serve para dilacerar sua comida.

Reprodução[editar | editar código-fonte]

Filhotes no ninho

Em uma ninhada ocorre 2 ovos e a incubação dura um mês e meio. Desses dois ovos, apenas um dos filhotes sobrevive, pois entre a eclosão de um ovo para o outro há uma diferença de tempo de aproximadamente de três dias a uma semana e os pais acabam por priorizar a alimentação do filhote mais velho.

Alimentação[editar | editar código-fonte]

Alimenta-se de peixes, que retira da água com suas garras afiadas. Além de pequenos mamíferos, lagartos e cobras encontrados nas planícies. Em algumas ocasiões, roubam outros alimentos da própria espécie.

Comportamento[editar | editar código-fonte]

Elas formam casais permanentes e quando os filhotes conseguem voar e caçar sozinhos, são expulsos do ninho pelos pais que lhes negam alimento.

Subespécies[editar | editar código-fonte]

Nesta espécie há duas subespécies, que são:

H. l. washingtoniensis
H. l. leucocephaluss

Habitat[editar | editar código-fonte]

Vive principalmente perto do mar, de rios e lagos, desde o Alasca e a parte ártica do Canadá até o golfo do México.

Referências

  1. «Raptors». IOC World Bird List (em inglês). Consultado em 15 de Outubro de 2010 
  2. «Águia Ataca (lobo, homem, cobra, outros animais) Os Ataques Mais Incríveis de Águias». Consultado em 13 de março de 2017. Arquivado do original em 14 de março de 2017 


Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informações podem ser encontradas nos artigos correspondentes noutras línguas e também na página de discussão.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons
Wikispecies Diretório no Wikispecies