Halo: Primordium

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Halo: Primordium
Capa da edição brasileira do livro.
Autor(es) Greg Bear
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Gênero Ficção científica militar
Série Halo
Editora Tor
Formato Impresso (Capa dura), E-book, Audiolivro (9 horas)
Lançamento 3 de janeiro de 2012[1]
Páginas 384
ISBN 978-0-7653-2397-2
Edição brasileira
Editora Planeta
Lançamento 19 de março de 2013[2]
Páginas 376
ISBN 978-8542200706
Cronologia
Halo: Cryptum
Halo: Silentium

Halo: Primordium é um romance de ficção científica militar de Greg Bear, baseado na série de jogos eletrônicos Halo. O livro foi lançado em janeiro de 2012 e é o décimo livro Halo (o nono romance) e o livro do meio na trilogia de romances focados nos Forerunners, chamada The Forerunner Saga (A Saga dos Forerunners na localização brasileira). Primordium foi lançado em capa dura, e-book e audiolivro após Halo: Glasslands de 2011, o primeiro livro da trilogia Kilo-Five. Primordium alcançou a décima sétima posição na lista dos mais vendidos do New York Times em ficção de capa dura.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Em 19 de julho de 2011, a Tor Books revelou a capa, o título e a data de lançamento do segundo livro da Saga Forerunner.[1] Em 12 de outubro de 2011, o livro foi concluído e enviado à editora.[3] Em 28 de dezembro de 2011, o primeiro capítulo do livro foi disponibilizado no site da editora e os capítulos 2, 3 e parte do 4 foram disponibilizados no site do Halo Waypoint.[4][5] O site Kotaku recebeu um clipe de áudio de cinco minutos do livro que estava sendo lido por Tim Dadabo, que dublou o personagem 343 Guilty Spark em jogos anteriores de Halo.[6] Em um painel da Comic-Con no Halo Universe, Frank O'Connor afirmou que o livro teria "conexões ressonantes" com Halo 4.[7] Bear afirmou que as interações dos humanos e dos Forerunners eram algumas de suas partes favoritas da trilogia Forerunner.[8] Em 12 de abril de 2013, a Tor Books fez uma promoção distribuindo toda a trilogia de livros para um participante.[9]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Ambientação[editar | editar código-fonte]

Os livros acontecem há cem mil anos atrás, durante a queda do Império Forerunner e a invasão do Flood.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Dois humanos e Chakas são cativos em um planeta invertido e presos em um jogo perigoso entre os Forerunners e os Precursores.

Resumo do enredo[editar | editar código-fonte]

A história começa após os eventos de Halo 3 com o interrogatório de um monitor danificado pela equipe de pesquisa da ONI. O monitor já foi, em forma humana, conhecido como Chakas. Chakas começa a contar a história por meio de flashbacks.

Chakas começa a história a partir do que aconteceu depois que ele, Born,[a] Didact[b] e Riser[c] testemunharam o teste de Halo em Charum Hakkor. Posteriormente, ele e Riser foram feitos prisioneiros pelo Master Builder e jogados na Instalação 07 Halo. Como todo ser humano, Chakas também carrega um espírito dado pela Librarian[d] (esposa do Didact). O espírito dentro de Chakas é de Forthencho, que já foi o humano encarregado das defesas de Charum Hakkor e lutou contra o Didact por anos na guerra Humano-Forerunner.

Em Halo, Chakas torna-se amigo de Vinnevra e seu avô Gamelpar e os três continuam a seguir as geas de Vinnevra; procurando um lugar seguro. Sem o conhecimento deles, o sinalizador da instalação foi reiniciado e eles agora se dirigem para o covil do Primordial, O Palácio da Dor. Eles logo alcançam seu destino e testemunham o Primordial guiando todos os humanos que seguiram suas geas para o Palácio da Dor. Depois de testemunhar O Primordial, eles decidem seguir na direção oposta e após uma longa jornada chegam às margens de um oceano. Lá eles encontram uma cidade em ruínas com cadáveres Forerunner e um Gravemind trancado em uma cela implorando por morte e liberdade.

Depois de cruzar o oceano, o trio é encontrado por um Trabalhador de vida que os acompanha com vários outros humanos e um macaco gigante chamado Mara. Enquanto dormia à noite no centro de refugiados, Chakas é saudado por Riser, que o avisa para não confiar no Trabalhador de vida. Mais tarde, é revelado que todos, exceto os três, são ilusões lançadas pelos monitores que estão lá para extrair seus espíritos e armazená-los como monitores. Depois de sair da ilusão, eles se juntam a Riser enquanto Gamelpar morre devido à idade avançada. Forthencho conversa com o espírito de Yprin Yprikushma dentro de Riser, que foi responsável por escavar as ruínas Precursoras e mover o Primordial para Charum Hakkor, que Forthencho desaprovou.

O grupo é finalmente levado ao Palácio da Dor por um transporte, onde são recebidos por Mendicant Bias. Os espíritos dentro de todos os humanos são extraídos e Mendicant Bias lhes promete vingança contra os Forerunners. Aqueles que se opõem são mortos. Forthencho mente para Bias que Chakas concordou em ajudá-los e eles são transportados para o Cartógrafo Silencioso. Como Halo está em rota de colisão com um planeta que se aproxima, eles tentam salvá-lo fazendo a interface de Chakas através de um Forerunner infectado no sistema de Halo. Uma frota liderada pelo Didact então aparece do outro lado do planeta e o Didact expurga o Mendicant Bias da Instalação 07. Chakas então se funde com o Didact para mover o Halo através de um portal. Para isso, no entanto, o Halo deve soltar vários pedaços de si mesmo, reduzindo assim seu diâmetro ao tamanho atual.

O Halo sobrevive e Chakas e o Didact visitam o Primordial, que foi aprisionado em uma cápsula do tempo reversa (que acelera o tempo vivido dentro do recinto). Ele revela que os Precursores decidiram que os Forerunners não deveriam herdar o Mantle[e] (eles falharam no teste), mas os humanos foram selecionados para serem testados agora; assim que os Forerunners forem eliminados, os humanos serão testados pelo Flood para verificar se eles merecem herdar o Mantle. Didact então desintegra o Primordial girando o botão do tempo para o máximo e Chakas é convertido em um monitor e fica feliz em saber que seus amigos sobreviveram. A história termina com o monitor agora desligado sendo ejetado para o espaço, mas não antes de uma impressão parcial da memória de Chakas/monitor ser transferida para o computador da nave. Pouco depois, ele assume o controle da nave. É então revelado que foi Chakas que foi convertido em 343 Guilty Spark. Ele agora está procurando os espíritos de Riser e Vinnevra, para quem ele procura a Librarian. Ele coloca a tripulação da nave para dormir e decola.

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

Greg Bear é o autor de Silentium e os dois outros romances da Saga dos Forerunners.

Na San Diego Comic-Con em 14 de julho de 2012, Bear assinou cópias do livro.[10] Halo: Primordium estava na lista dos bestsellers do New York Times: Ficção de capa dura na semana de 7 de janeiro de 2012 na décima sétima posição.[11] O Los Angeles Times teve o livro em sua lista de bestsellers por duas semanas, em décimo sexto e depois em décimo quarto nas semanas de 22 e 29 de janeiro.[12] A Publishers Weekly listou o livro na décima oitava posição em seu Bestsellers de ficção de capa dura da semana de 16 de janeiro de 2012.[13]

O Story Hobby revisou o livro e deu-lhe uma avaliação de 80%, chamando o livro de uma "grande melhoria" em relação ao título anterior, citando a conclusão emocionante e a história mais centrada no homem, mas chamou o enredo de "fraco".[14] O Book Loons chamou-o de "lento", e disse que era apenas para aqueles familiarizados com o material de origem, mas que o audiolivro era muito bom, e que tinha um final excelente e surpresa.[15]

Notas

  1. Também traduzido como Nascido nas Estrelas, em algumas edições brasileiras.
  2. Em Halo 3, chamado de Didata, em Halo 4 usado o nome em inglês. Dependendo da edição brasileira do livro isso pode mudar também.
  3. Também traduzido como Elevação, em algumas edições brasileiras.
  4. Em Halo 3, chamada de Bibliotecária, em Halo 4 usado o nome em inglês. Dependendo da edição brasileira do livro isso pode mudar também.
  5. Em Halo 3, chamado de O Manto, em Halo 4 usado o nome em inglês.

Referências

  1. a b «Tor Books Reveals Second Halo Novel by Greg Bear». Tor Books (em inglês). 19 de julho de 2011. Consultado em 27 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  2. «Halo - Primordium». Amazon.com.br. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  3. Bear, Greg (12 de outubro de 2011). «News: Halo Primordium». Greg Bear.com (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Arquivado do original em 6 de abril de 2013 
  4. Bear, Greg (28 de dezembro de 2011). «Halo: Primordium (Excerpt)». Tor Books (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  5. Angel, BS (28 de dezembro de 2011). «The Halo Bulletin: 12.28.11, Exclusive Book Excerpt - Primordium». Halo Waypoint (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Arquivado do original em 25 de abril de 2013 
  6. Good, Owen (3 de fevereiro de 2012). «Hear Five Minutes of the Latest Halo Novel, Narrated by Guilty Spark». Kotaku (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  7. Miller, Matt (29 de agosto de 2011). «What's Coming In Halo 4?». Game Informer (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 27 de outubro de 2020 
  8. Angel, BS (6 de março de 2013). «The Halo Bulletin: 3.6.13 - An Interview with Greg Bear». Halo Waypoint (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Arquivado do original em 10 de março de 2013 
  9. Buckley, Louise (12 de abril de 2013). «HALO COMPETITION!». Tor Books Blog (em inglês). Consultado em 27 de outubro de 2020. Arquivado do original em 29 de junho de 2013 
  10. «Tor Books at San Diego Comic Con. Scalzi, Sanderson, Card, and More!». Tor Books (em inglês). 5 de julho de 2012. Consultado em 28 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 10 de agosto de 2020 
  11. «Best Sellers: Hardcover Fiction: Sunday, January 22nd 2012». New York Times (em inglês). 22 de janeiro de 2012. Consultado em 28 de outubro de 2020 
  12. Bradner, Liesl; Kellogg, Carolyn; Minkoff, Michelle. «Halo: Primordium by Greg Bear». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 13 de maio de 2012 
  13. «Data for 01/16/2012 Bestsellers Hardcover Fiction». Publishers Weekly (em inglês). 16 de janeiro de 2012. Consultado em 28 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de outubro de 2020 
  14. Hamilton, Jason. «Book Review: Halo, Primordium (2012)». Story Hobby.com (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2020. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2013 
  15. Williamson, Hilary (2012). «Halo Primordium by Greg Bear». Book Loons (em inglês). Consultado em 28 de outubro de 2020. Cópia arquivada em 28 de outubro de 2020 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]