Henriette Morineau

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Henriette Morineau
Nome completo Henriette Fernande Zoé Morineau
Nascimento 29 de novembro de 1908
Noirot
Nacionalidade Francês e brasileira
Morte 3 de dezembro de 1990 (82 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Ocupação Atriz
Cônjuge 1ª núpcias George Morineau
2ª núpcias Delorges Caminha

Henriette Fernande Zoé Morineau (Noirot, França, 29 de novembro de 1908 - Rio de Janeiro, 3 de dezembro de 1990) foi uma atriz brasileira.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Henriette Morineau e Suzanna Freyre.

Nascida na França, ela se apaixonou por literatura no colégio em que estudava e interpretava os textos que tinha que ler nas aulas. Convenceu seu padrasto a permitir que estudasse com um professor de arte dramática em Paris. Saiu-se tão bem que foi indicada para um conservatório, e foi aprovada para o mesmo, em 1926, em primeiro lugar.

Atuou por três anos na Commédie Française e em uma de suas excursões, conheceu na Bélgica seu futuro marido, George Morineau. O marido foi aconselhado pelos médicos a se mudar para um país tropical e eles resolveram se mudar para o Brasil. Henriette chegou ao Rio de Janeiro em 1931.

Em 1946 ela fundou a Companhia dos Artistas Unidos, na qual por 14 anos dirigiu e interpretou peças adultas e infantis. Em pouco tempo virou uma lenda para o teatro e o cinema brasileiros e era chamada de a madame do teatro brasileiro. Foi condecorada duas vezes pelo governo brasileiro com o Cavaleiro da Ordem do Cruzeiro do Sul e também recebeu as honras de se transformar em Carioca Honorária e em Cidadã Honorária do Rio de Janeiro.

Teve uma carreira de 60 anos e um de seus últimos espetáculos de teatro foi como a Maude de "Ensina-Me a Viver", em 1982, que inclusive fez com que a estrela caísse no palco e tivesse que ser substituída por Maria Clara Machado.

A atriz faleceu em 1990 totalmente empobrecida e até mesmo sem recursos para pagar tratamentos médicos.

Foi casada com o ator e diretor teatral Delorges Caminha[1]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1980 Água Viva Jojô
1976 Escrava Isaura Madeleine Besançon [2]

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Personagem
1983 Perdoa-me Por Me Traíres Madame Luba
1981 Bonitinha mas Ordinária ou Otto Lara Resende Sogra de Heitor
1968 Pour un amour lointain Tia
1955 Leonora dos Sete Mares Juliana[3]
1951 O Comprador de Fazendas Isaura
Presença de Anita Cecília [4]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Henriette Morineau[ligação inativa] SP Escola de Teatro
  2. «Escrava Isaura». Memória Globo. Consultado em 31 de dezembro de 2019 
  3. «Leonora dos Sete Mares». Cinemateca Brasileira. Consultado em 1 de março de 2018 
  4. «Presença de Anita». Cinemateca Brasileira. Consultado em 1 de março de 2018