Hipermobilidade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hipermobilidade
Hipermobilidade
Classificação e recursos externos
CID-10 M35.7
CID-9 728.5
OMIM 147900
DiseasesDB 31101
MeSH D007593
Star of life caution.svg Aviso médico

A hipermobilidade ou hiperflexibilidade é a característica que uma pessoa tem quando suas articulações e ligamentos podem ser movimentar mais que o esperado para a idade e sexo.

Existem diferentes tipos de hipermobilidade:

  • A hipermobilidade local, também conhecida com hipermobilidade restrita a uma parte corporal, que pode ser resultado de uma lesão, por exemplo.
  • A hipermobilidade generalizada, que atinge todos as áreas do sistema locomotor como, por exemplo, um transtorno do tecido conjuntivo congênito como a síndrome de Marfan ou através de certas doenças como a síndrome de Ehlers-Danlos.
  • A hipermobilidade essencial, que também é congênita, mas que não há nenhuma causa reconhecível.

Este último tipo de hipermobilidade é mais comum em meninas (cerca de 15% das mulheres) do que em meninos. Acredita-se que como causa deste tipo de hipermobilidade há uma má regulação do sistema nervoso central que controla a área motora, que leva à uma má coordenação dos movimentos.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

As possibilidades terapêuticas da hipermobilidade são restritas e são voltadas para a causa da hipermobilidade. Um fortalecimento da musculatura é muito útil, sendo realizados para isso exercícios isométricos (certos grupos musculares são trabalhados por 10 segundos).

Ver também[editar | editar código-fonte]