Hollywood or Bust

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Hollywood or Bust
Ou Vai Ou Racha (BR)
 Estados Unidos
1956 •  cor •  95 min 
Direção Frank Tashlin
Produção Hal B. Wallis
Roteiro Erna Lazarus
Elenco Dean Martin
Jerry Lewis
Pat Crowley
Anita Ekberg
Género comédia
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Hollywood or Bust (no Brasil, Ou Vai Ou Racha), é um filme de comédia de 1956 dirigido por Frank Tashlin e protagonizado pela dupla Martin e Lewis. Vale dizer que este foi o último filme da dupla.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Malcolm Smith (Jerry Lewis) é um homem simples e trabalhador que sonha em ir a Hollywood conhecer a atriz dos seus sonhos, Anita Ekberg. Com isso, ele vai todas as semanas a um sorteio do bairro para ganhar um carro para poder ir a Hollywood e realizar o seu sonho. Em um desses sorteios noturnos, Malcolm conhece um sujeito chamado Steve Wiley (Dean Martin), um vigarista que trabalha em uma gangue que também está lá para ganhar o carro, mas a única diferença é que ele vai trapacear no sorteio e ganhar de qualquer jeito. Para a pura sorte de Malcolm, este também ganha o carro (na verdade, ele seria o verdadeiro ganhador) fazendo com que ele e Steve dividam o prêmio. Malcolm quer ir de qualquer jeito para Hollywood, e Steve tem que ir junto fingindo que vai ajudá-lo mas, ele planeja isso para de repente se livrar de Malcolm e entregar o carro ao seu chefe. Mas no meio da viagem, Steve se vê enrolado por Malcolm ser um pouco inteligente e também por ambos não terem dinheiro para gasolina, comida e etc... A situação dos dois melhora quando eles acabam conhecendo uma moça chamada Terry (Pat Crowley) que também está seguindo o mesmo rumo para trabalhar como dançarina em Los Angeles. Sendo assim, os três seguem o caminho juntos mas, ainda viriam muitas complicações até eles chegarem a Hollywood e Malcolm finalmente conhecer sua musa.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

O fim para a dupla Martin & Lewis[editar | editar código-fonte]

Este foi o último filme que Jerry Lewis fez com Dean Martin. A dupla fez no total 16 filmes entre os anos de 1949 e 1956. Jerry Lewis constatou que já nas filmagens, ele e Dean Martin não se falavam, exceto na hora das gravações das cenas. A relação entre os dois estava por um fio, por conta de uma série de discussões que surgiram antes e durante o período das filmagens. Pode-se dizer que as discussões que houve durante as filmagens tinha sido algo decisivo para que os dois chegassem a conclusão de que não iriam mais continuar a trabalhar juntos. Lewis também constatou que esse é o único filme da dupla qual ele se recusa a ver para não relembrar o período difícil.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
  • As gravações foram de Abril a Junho de 1956 e um mês após os términos das gravações (Julho), Martin e Lewis anunciou a separação. O filme tinha estreado em Dezembro do mesmo ano, cinco meses após a separação da dupla.
  • Jerry chegou a passar mal e ser internado às pressas em um dos dias das gravações devido ao fumo e excesso de trabalho. Jerry precisou reduzir o esforço e parar urgentemente de fumar.
  • Anita Ekberg já tinha feito com a dupla o filme Artists and Models. Depois, ela chegou a fazer com Dean Martin o filme 4 for Texas e com Jerry Lewis, o filme Way...Way Out. Já Pat Crowley, fez com a dupla o filme Money from Home.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]