Honey (empresa)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Honey
Logo utilizada pela empresa.
Razão social Honey Science Corporation
Subsidiária
Fundação Outubro de 2012
Fundador(es) George Ruan

Ryan Hudson

Sede Los Angeles, Califórnia
Área(s) servida(s)  Estados Unidos,
 Canadá,
 Reino Unido,
 Austrália e
 Índia
Pessoas-chave George Ruan (CEO)

Ryan Hudson
(Co-Fundador)

Glen Allison (COO)

Empregados 209 (2018)
Empresa-mãe PayPal
Divisões Venmo

Xoom Corporation
Braintree
Izettle

Website oficial www.joinhoney.com

Honey Science Corporation com a sede em Los Angeles, Califórnia , opera uma extensão de navegador que agrega e aplica automaticamente cupons on-line em sites de comércio eletrônico sendo uma subsidiária do PayPal.[1]

A receita da Honey vem de uma comissão feita sobre transações de usuários com varejistas parceiros. Quando um membro faz uma compra de alguns comerciantes, a Honey compartilha parte de sua comissão com o membro em um programa de reembolso.[2][3]

O serviço[editar | editar código-fonte]

A própria opera como um complemento de um site e um aplicativo móvel, tendo aproximadamente 30.000 códigos de desconto dos varejistas online.[4]

Além dos cupons proporciona descoberta de produtos, acompanhamento de preços e até um programa de recompensas por lealdade.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Os empresários Ryan Hudson e George Ruan fundaram a Honey em novembro de 2012 em Los Angeles, Califórnia, depois de construir um protótipo da extensão do navegador no final de outubro de 2012.[6]

Um testador de bug vazou a ferramenta para o Reddit, onde ela se tornou viral. Em março de 2014, a empresa tinha 900.000 usuários orgânicos.[7][8]

Financiamento[editar | editar código-fonte]

Em 2014, a Honey levantou US$ 1,8 milhão em dinheiro inicial, seguido de uma rodada da Série A de US$ 4 milhões em 2016.[9]

Em outubro de 2017, a Honey levantou uma rodada da Série B de US$ 9 milhões.[10]

Em 20 de Novembro de 2019, foi adquirida pelo PayPal por cerca de US$4 bilhões.[9]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Honey (company)».

Referências

  1. McAlone, Nathan. «14 ways to save money by thinking like a millennial». Business Insider. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  2. Rey, Jason Del (2 de abril de 2018). «Honey — the under-the-radar coupon startup — has held talks to raise around $100 million in a new investment». Vox (em inglês). Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  3. Kane, Libby. «A struggling dad built an app to buy his kids cheaper pizza — and now his company has 5 million downloads and $40 million». Business Insider. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  4. «PayPal compra a Honey por US$ 4 bilhões; negócio deve ser finalizado em 2020». Canaltech. 21 de novembro de 2019. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  5. «PayPal compra a plataforma de descontos Honey por US$ 4 bilhões». www.tecmundo.com.br. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  6. «Coupon Duo Now Worth $1.5 Billion After Honey's Sale to PayPal». BloombergQuint (em inglês). Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  7. Shontell, Alyson. «New Coupon Startup 'Honey' Has Had 9 Successful Investor Meetings In A Row». Business Insider. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  8. «Honey Introduces A Universal Cart For Online Shoppers Where Savings Are Automatically Applied». TechCrunch (em inglês). Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  9. a b «Paypal Acquires Honey Science Corp for $4B». barkingbaba.com. 20 de novembro de 2019. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  10. «L.A. Tech: Can't find a coupon code? This L.A. start-up does all the work for you». Los Angeles Times (em inglês). 24 de outubro de 2017. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.