Houve uma Vez Dois Verões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Houve Uma Vez Dois Verões
Brasil
2002 •  cor •  75 min 
Direção Jorge Furtado
Roteiro Jorge Furtado
Elenco André Arteche
Ana Maria Mainieri
Pedro Furtado
Júlia Barth
Género comédia
Idioma português

Houve Uma Vez Dois Verões é um filme brasileiro de 2002, primeiro longa-metragem do cineasta gaúcho Jorge Furtado.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Chico, adolescente em férias na "maior e pior praia do mundo", encontra Roza num fliperama e se apaixona. Transam na primeira noite, mas ela some. Ao lado de seu amigo Juca, Chico procura Roza pela praia, em vão. Só mais tarde, já de volta a Porto Alegre e às aulas de química orgânica, é que ele vai reencontrá-la. Chico quer conversar sobre "aquela noite", mas Roza conta que está grávida. Até o próximo verão, ela ainda vai entrar e sair muitas vezes da vida dele.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Premiações[editar | editar código-fonte]

Grande Prêmio Cinema Brasil
  • Venceu na categoria de melhor roteiro original.[1]
  • Indicado nas categorias de melhor filme[2] e melhor figurino
Cine Ceará - Festival Nacional de Cinema e Video
  • Venceu nas categorias de melhor diretor, melhor edição e melhor roteiro.

Referências

  1. Patrícia Vilani (17 de dezembro de 2003). «Melhores do cinema nacional são premiados no Rio de Janeiro». Diário do Grande ABC. Consultado em 17 de novembro de 2021 
  2. «"Oscar brasileiro" anuncia finalistas». O Estado de S. Paulo. 3 de novembro de 2003. Consultado em 17 de novembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]