Hude (profeta)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Hude.

Hude[1] (em árabe: هود; romaniz.: Hud) é um profeta relatado no Alcorão, na décima primeira sura (capítulo). Ele é conhecido na Bíblia como Éber.

De acordo com a tradição islâmica, Hude nasceu cinco gerações após Nu (Noé). Naquela época as pessoas já haviam esquecido sobre o dilúvio que tinha destruído a terra nas gerações passadas e começaram a produzir estátuas que idolatravam. Apesar de Hude ter advertido e repreendido, as pessoas persistiram em sua idolatria. Para puni-los Deus mandou uma estiagem. Depois dessa estiagem as pessoas não se arrependeram, pelo que Deus mandou uma grande tempestade da qual só Hude e poucos outros sobreviveram.

O Alcorão afirma que Hude foi enviado como um mensageiro para alertar o povo de Ade (antiga nação árabe de uma tribo do Omã, a que Deus destruiu com a tempestade). Acredita-se que a recente descoberta cidade de Ubar, mencionada no Alcorão como Irã, tenha sido a capital de Ade.

Referências

  1. Coelho 1989, p. 239.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coelho, António Borges (1989). Portugal na Espanha Árabe: História. Lisboa: Editorial Caminho. ISBN 9722104209