IPE KW1

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
IPE KW1 Quero Quero
Planador
Dois Kw-1 durante o Campeonato Sul 2010
Descrição
Tipo / Missão Aeronave desportiva;
Aeronave de instrução
País de origem  Brasil
Fabricante IPE Aeronaves
Período de produção 1975 - 1981
Primeiro voo em 18 de dezembro de 1969 (47 anos)
Tripulação 1 (Piloto)
Especificações (Modelo: Quero-Quero KW1)
Dimensões
Comprimento 6,47 m (21,2 ft)
Envergadura 15 m (49,2 ft)
Peso(s)
Peso vazio 185 kg (408 lb)
Peso máx. de decolagem 280 kg (617 lb)
Performance
Velocidade máxima 159 km/h (85,8 kn)
Razão máxima de planeio 27.5:1

O Quero-Quero KW1 é um planador monoplace de madeira fabricado no Brasil entre 1975 e 1981. O seu protótipo foi projetado e construído por Kuno Widmaier, e produzido em série pela IPE Aeronaves.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

O Kw-1 foi projetado pelo engenheiro Kuno Widmaier em Novo Hamburgo, Rio Grande do Sul, tendo voado pela primeira vez em 18 de Dezembro de 1969.

Na época o DAC procurava por um projeto de planador para re-equipar os aeroclubes, e os resultados de Widmaier fizeram o seu desenho ser selecionado. [1]Após a seleção, a IPE Aeronaves iniciou o processo de adaptações visando a certificação e produção seriada: O cockpit foi aumentado, o nariz redesenhado, e o leme aumentado. O certificado de tipo foi outorgado em dezembro de 1976,[2] o projeto foi adquirido pelo Comando da Aeronáutica, com a IPE sendo contratada para a fabricação.

Protótipo em construção do Kw-1a em Novo Hamburgo.

156 unidades foram construídas e distribuídas a diversos aeroclubes brasileiros e para a Força Aérea Brasileira. Muitos recordes foram estabelecidos no tipo (Kw-1 Records), que é comumente utilizado como primeiro planador monoplace no curso de piloto de planador. Em 2017 ainda consta como o planador mais numeroso no Brasil.

Construção[editar | editar código-fonte]

O planador possui configuração de asa-alta, e empenagem convencional, com trem-de-pouso fixo, e bequilha não comandável.

A fuselagem é de construção semi-monocoque, inteiramente de madeira, e as asas são construídas com longarina de freijó (Cordia goeldiana), e caixão de torsão de contra-placado aeronáutico.

As asas são divididas em 3 partes: Uma seção central de união com a fuselagem, e duas seções localizadas próximo à metade de cada semi-asa. Após o caixão de torsão a asa é coberta com tela.

A empenagem horizontal e vertical são de madeira revestida com tela.

Variantes[editar | editar código-fonte]

Após a certificação, cerca de 4 variantes foram desenvolvidas: duas pela IPE, e outras duas de iniciativas de particulares.

  • Quero Quero II

Desenvolvido pela IPE, com empenagens vertical e horizontal modificadas, e trem retrátil. Ao menos uma unidade construída.

  • Quero Quero GB

Desenvolvido pelo Eng. Francisco Leme Galvao e construído pela IPE,[3] possuía nariz diferente, winglets, perfil laminar e trem retrátil. Duas unidades construídas com matrículas PP-ZUM e PP-ZUN.[4]

  • Falcon

Em 1978, Wolfi Gabler e seu pai Ebehard Gabler, desenvolveram à partir de uma fuselagem de Kw-1 uma versão modificada com winglets, novo cockpit, e perfil de asa diferente a construção deu-se na sala da casa da família, consumindo 5600 horas. O primeiro voo ocorreu em 15 de outubro de 1978, voado por Wolfi Gabler em Palmeira das Missões, Rio Grande do Sul, Brasil. A variante foi muito bem-sucedida em competições tendo ganhando 3 Campeonatos Brasileiros. Uma única unidade foi construída.

PP-ZEG, única unidade construída do Falcon em 2004.
  • Super Quero Quero

Desenvolvido de forma independente por particulares, com um novo cockpit, planta de asa, empenagem vertical, e trem fixo. Ao menos uma unidade construída.

Especificações do KW-I[editar | editar código-fonte]

Informações retiradas do Manual de Voo da aeronave[5]

Características Gerais[editar | editar código-fonte]
  • Tripulação : 1
  • Comprimento: 6,47 m
  • Envergadura: 15,00m
  • Altura: 1,34m
  • Diedro: 1,5 °
  • Perfil da asa: Spatz Modificado
  • Área da asa: 11.7 m2
  • Peso vazio: 185Kg
  • Peso Máximo de Decolagem: 280 Kg
  • Carga Alar: 23 kg/m2
  • Alongamento: 18
Desempenho[editar | editar código-fonte]
  • Velocidade Máxima: 159 km/h
  • Velocidade de melhor planeio: 75 Km/h
  • Melhor razão de planeio: 27.5 : 1 a 75km/h
  • Menor afundamento: 0,66 m/s a 57 Km/h
  • Velocidade de Stall: 56 km/h
Aeronaves Comparáveis:[editar | editar código-fonte]

Schleicher Ka-6

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Andrade, Roberto Pereira de (1976). Construção Aeronautica no Brasil 1910-1976. [S.l.]: Brasiliense. pp. 233–234 
  2. Certificado de Homologação de Tipo# 7601 , Disponível em: http://www2.anac.gov.br/certificacao/Produtos/Espec/EP-7601-02p.pdf
  3. IPE (2017). «Historia da aeronave quero quero GB». IPE Aeronaves. Consultado em 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. Andrade, Roberto Pereira de (2008). Aircraft Building: A Brazilian Heritage. Sao Paulo: [s.n.] 197 páginas 
  5. Manual de Voo aeronave Kw-1. Disponível em: http://www.aeroclubebebedouro.com.br/arquivos/manual_op_queroquero.pdf
  • Taylor, Michael J. H. (1989). Jane's Encyclopedia of Aviation. London: Studio Editions. 534 páginas 
  • Jane's All the World's Aircraft 1977-78. London: Jane's Yearbooks. 578 páginas 
  • Hardy, Michael (1982). Gliders and Sailplanes of the World. Shepperton: Ian Allen. pp. 59–60 
  • Simons, Martin (2004). Sailplanes 1965 - 2000 (Volume 3). [S.l.: s.n.] 
  • Andrade, Roberto Pereira de (1976). Construção Aeronáutica no Brasil 1910-1976:Editora Brasiliense,pp. 233-234

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal da Aviação
Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.