Ignacio de Luzán

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ignacio de Luzán
Nascimento 28 de março de 1702
Saragoça
Morte 19 de maio de 1754 (52 anos)
Madri
Cidadania Espanha
Ocupação diplomata, escritor, poeta, crítico literário

Ignacio de Luzán (Saragoça, 28 de março de 1702Madri, 19 de Maio de 1754) foi um escritor espanhol.

Entre as suas obras sobressai a Poética (1737) – texto programático do neoclassicismo espanhol – onde o autor se declara contra a pompa excessiva e os abusos da liberdade de alguns escritores do século de ouro.

Bibliografia do autor[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

  • La virtud coronada, 1742.

Preceptiva[editar | editar código-fonte]

  • Poética o reglas de la poesía en general y de sus principales especies (1737, segunda edição muito ampliada e corrigida em 1789)
  • Retórica de las conversaciones
  • Tratado de ortografía española
  • Método breve para enseñar y aprender las lenguas.

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • A la conquista de Orán
  • El juicio de París
  • Leandro y Hero

Outras obras[editar | editar código-fonte]

  • Memorias literarias de París.