Igreja Anglicana da África Austral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde julho de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
ConstructionClock.PNG
Este artigo foi considerado insuficiente por um ou mais editores, devendo ser movido para manutenção por um administrador ou eliminador.
  • Justificativa: Artigo marcado como "sem fontes" desde novembro de 2009. Foi criado um tópico na Esplanada|um tópico na Esplanada para apontar este problema e buscar uma solução, mas ninguém demonstrou interesse nesse artigo específico, e o problema persiste. Entretanto, o interwiki anglófono dá a entender que é uma tema altamente pertinente para uma enciclopédia. Portanto, tem potencial e não devo enviar para eliminação. Dando uma última chance ao artigo, trago para quem aqui quiser referenciá-lo.
  • Proponente: Mister Sanderson (discussão) 12h14min de 28 de junho de 2019 (UTC)
  • Último editor: Awikimate

A Igreja Anglicana da África Austral (do inglês:Anglican Church of Southern Africa) é a igreja anglicana da parte sul do continente africano que inclui cerca de 28 dioceses espalhadas por Angola, Lesoto, Moçambique, Namíbia, Suazilândia e a África do Sul.[1] A Igreja Anglicana da África Austral possui um caráter anglo-católico e tem-se mostrado bastante liberal, permitindo a ordenação de mulheres e a inclusão de homossexuais nas cerimônias religiosas. A maioria dos fieis se concentra na África do Sul onde cerca de 2,4 milhões de pessoas são adeptas ao Anglicanismo. O Primaz da Igreja da África Austral é o Arcebispo da Cidade do Cabo.

Referências

  1. Anglican Church of Southern Africa (2017). «We are Anglicans». Anglican Church of Southern Africa. Consultado em 10 de julho de 2019. Cópia arquivada em 26 de abril de 2019