Igreja Ortodoxa São Jorge de Brasília

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja Ortodoxa Antioquina de São Jorge de Brasília
Entrada principal da Igreja Ortodoxa de Brasília
Estilo dominante Modernismo
Arquiteto Oscar Niemeyer
Início da construção 08 de Junho de 1993
Fim da construção 11 de fevereiro de 1994
Religião Ortodoxa antioquina
Diocese Arquidiocese Ortodoxa Antioquina de São Paulo e Todo o Brasil
Ano de consagração 1994
Website [1]
Geografia
País  Brasil
Local SHI / Sul – Q 1-9 Lote P, Lago Sul, Brasília - DF

A Igreja Ortodoxa Antioquina de São Jorge é uma igreja ortodoxa antioquina projetada pelo arquiteto Oscar Niemeyer em 1986[1][2] e que está localizada na região administrativa do Lago Sul, no Distrito Federal.

A comunidade Ortodoxa em Brasília[editar | editar código-fonte]

A comunidade da Igreja Ortodoxa em Brasília teve início com a chegada dos primeiros imigrantes cristãos ortodoxos, em sua maioria sírios e libaneses, ao Núcleo Bandeirante nos idos de 1956-57.

Assim, esta nova coletividade, sempre que possível, deu continuidade à prática de sua religião e deveres religiosos em Anápolis e Goiânia, onde já existiam templos da Igreja Ortodoxa Antioquina.[1]

Idealização e construção da Igreja em Brasília[editar | editar código-fonte]

A Igreja em Brasília foi idealizada pelo Patriarca Ignátios IV de Antioquia e de todo Oriente, o qual, durante sua visita a Brasília em outubro de 1984, fez a solicitação da construção de um templo que pudesse trazer à capital a representação da Igreja Antioquina.

O projeto da Igreja foi elaborado pelo arquiteto Oscar Niemeyer. O inicio das obras se deu em 08 de Junho de 1993, depois da visita a Brasília de sua Eminência Dom Damaskinos Mansour (Damasco, 1949)[3], Arcebispo Metropolitano de São Paulo e todo o Brasil, o qual deu sua anuência, abençoou e acompanhou o projeto pacientemente até sua conclusão. A primeira missa na nova igreja foi celebrada pelo próprio Dom Damaskinos, em 11 de fevereiro de 1994.

A igreja foi construída com as generosas doações dos fiéis de Brasília e de muitos outros de outras partes da Arquidiocese de São Paulo, e está situada em um local nobre da capital federal, o Lago Sul, localização privilegiada e marcante, o que a torna um símbolo vivo da comunidade ortodoxa em Brasília.[1]

Arquitetura de Niemeyer[editar | editar código-fonte]

Percebe-se a presença da tradicional cúpula das igrejas ortodoxas de um modo geral, porém "adaptada" ao modernismo de Oscar Niemeyer.

Segundo o Instituto dos Arquitetos do Brasil, no Guia de obras de Oscar Niemeyer: "trata-se de um grande edifício cilíndrico, com trinta metros de diâmetro e cerca de sete de altura, todo pintado de branco e coroado por uma cúpula. A construção tem dois níveis. O espaço de culto se localiza no primeiro pavimento e é acessado por uma rampa curva externa. O térreo foi reservado para o salão paroquial e tem acesso independente. Uma viga une o campanário ao volume principal, gerando uma espécie de pórtico que, além de marcar a entrada, tem função estrutural, atirantando a rampa. O templo propriamente dito apresenta o altar-mor voltado para leste, como pede a tradição, e é simbolicamente iluminado por uma janela única, cujo caixilho é um poliedro. Na verdade, existe um sistema de iluminação e ventilação zenital entre a laje de cobertura e os fechamentos laterais. Já o salão e demais espaços de apoio são ventilados por uma sequência ritmada de estreitas aberturas. No alto da cúpula foi originalmente colocada uma cruz bastante simples, agora substituída por outra, contrastante com a pureza da composição, assim como os painéis que reproduzem a arte bizantina".[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b c «Igreja Ortodoxa Antioquina». Igreja Ortodoxa Antioquina. Consultado em 27 de dezembro de 2017 
  2. a b Instituto dos Arquitetos do Brasil (2010). Guia de obras de Oscar Niemeyer. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara. pp. 252–255 
  3. «Sao Paulo and all Brazil». Antioch. Consultado em 27 de dezembro de 2017