Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos (Natal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos é o segundo templo religioso da Igreja Católica mais antigo da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande do Norte, datando do início do século XVIII.[1] Está localizada na Cidade Alta, mas já próxima à Ribeira. Foi tombada pelo Governo Estadual em 1988, quando foi também restaurada, ganhando novamente suas feições originais. Nela se celebra atualmente aos domingos às 09h00min a missa segundo a "forma extraordinária do rito romano", segundo o motu proprio Summorum Pontificum do Papa Bento XVI.

História[editar | editar código-fonte]

Ao longo do período colonial, a Igreja Católica no Brasil esteve submetida ao governo português.[2] Apesar disto, ela também se voltou aos escravos brasileiros, especialmente em estados como Bahia, Minas Gerais e Rio de Janeiro, que possuíam maior número de negros escravizados, onde se proliferaram irmandades e igrejas consagradas à Nossa Senhora do Rosário, sua protetora.[2] No Rio Grande do Norte, apesar da reduzida população de escravos, o mesmo padrão devocional se repetiu.[2]

A Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos foi finalizada entre 1713 e 1714, de acordo com o historiador Câmara Cascudo.[2][3] O mesmo historiador cita a construção de um cruzeiro (tal qual se fazia nos sertões) na frente da igreja.[4]

Notas e referências

  1. Souza, 2008, p. 115.
  2. a b c d Souza, 2008, p. 116.
  3. Cascudo, 2008, p. 80.
  4. Souza, 2008, p. 117.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • SOUZA, Itamar (2008). Nova História de Natal 2 ed. Natal: Departamento Estadual de Imprensa 
Ícone de esboço Este artigo sobre Rio Grande do Norte é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.