Ilha Adelaide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Adelaide.
Ilha Adelaide
Ilha Adelaide está localizado em: Antártida
Ilha Adelaide
Localização na Antártida
Coordenadas: 67° 15' S 68° 30' O
Geografia física
Localização Antártida
Arquipélago Arquipélago Adelaide
Ponto culminante 2 315 m (Monte Gaudry)
Área 4 663  km²
Rothera from reptile.jpg
A base Rothera em 2003, vista para a Península Antártica, novembro de 2003

A Ilha Adelaide ou Isla Adelaida ou Isla Belgrano, é uma grande ilha de 44663 km2, coberta de gelo e com 139 km de comprimento por 37 km de largura, situada ao norte da Baía Margarida e na costa oeste da Península Antártica do Território Antártico Britânico. A Ilha Adelaide está localizada em 67.25° S 68.5° O.

A Ilha Adelaide foi descoberta em 1832 por uma expedição britânica sob o comando de John Biscoe. A ilha foi pesquisada pela primeira vez pela expedição antártica francesa (1908-1910), comandada por Jean-Baptiste Charcot.

Base Adelaide, em fevereiro de 1962

A origem do nome da ilha não é conhecida. Registros britânicos indicam que Charcot batizou a ilha de "Terra de Adelie" após encontrar um enorme número de pinguins-de-adélia que viviam em suas costas (os pinguins receberam esse nome em homenagem à esposa de Dumont d'Urville). Contudo, tornou-se Ilha Adelaide pela expedição britânica da Terra de Graham (1934-37). Acredita-se também que a ilha fora nomeada pelo próprio Biscoe em homenagem à Rainha Adelaide do Reino Unido.

A ilha possui duas bases. A antiga Base da Ilha Adelaide (também conhecida como Base T) foi criada pelo Falkland Islands Dependent Survey (FIDS), que posteriormente tornou-se o British Antarctic Survey. A base foi fechada devido a uma instabilidade de algumas geleiras e as operações foram transferidas para a nova Base Rothera em 1976. A velha base do BAS foi transferida para as autoridades chilenas em 1984, quando foi renomeada Base Antártica Tenente Luis Carvajal Villaroel. A estação desde então tem sido usado como uma estação de verão pelos chilenos. No entanto, as geleiras e a 'rampa' para a estação a partir do planalto tornou-se tão instável, que a Força Aérea Chilena (FACh) cessou todas as atividades ali. A Marinha Chilena têm visitado a estação quase todo verão para garantir que a mesma está em bom estado de conservação. Funcionários da BAS também visitam a estação durante o inverno, quando o acesso é mais fácil a partir do planalto.

Devido ao longo período de tempo em que tem sido visitada e estudada, a ilha está bem mapeada.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Antártida é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.