Ilha Manra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manra
Manra está localizado em: Kiribati
Manra
localização em Kiribati
4° 27' S 171° 16' O
Geografia física
País  Kiribati
Área 4,4  km²
Geografia humana
População 0 (-)
Densidade 0  hab./km²
ISS008-E-18284Sydney.jpg
Manra vista da Estação Espacial Internacional

A ilha Manra ou ilha Sydney é uma pequena ilha de coral desabitada e com 4,4 km2 de área. Faz parte do grupo das Ilhas Fénix, pertencentes a Kiribati.

Com outras sete ilhas das Ilhas Fénix, integra a Área Protegida das Ilhas Fénix,[1] a maior área protegida marinha do mundo. Charles Darwin visitou a ilha na sua viagem de cinco anos (1831-1836), e em 1842 publicou uma explicação para a criação de atóis de coral no Pacífico Sul.[2]

Embora já tenha sido habitada e desabitada intermitentemente, está desabitada desde 1963.

Foi descoberta em 1832 pelo Capitão Emment, que a designou como "ilha Sydney". Foi declarada reserva natural de aves em 1938, e reserva natural de vida selvagem em 1975.

Referências

  1. Editor. «Phoenix Islands Protected Area». Government of Kiribati. Consultado em 25 de janeiro de 2015 
  2. Editor. «History of the Phoenix Islands». Government of Kiribati. Consultado em 25 de janeiro de 2015